Moradores interditam corredor de transporte da capital por falta de água

Cortesia ao AL24h

Moradores da Chã de Bebedouro bloquearam um dos principais corredores de transporte da capital desde as primeiras horas desta terça (27) A manifesta acontece em protesto a falta de água no bairro, que duraria cinco dias, segundo os manifestantes, que coloraram uma barricada de humana.

Devido ao bloqueio da via, que liga vários bairros da parte alta ao Centro da capital, o fluxo de veículos aumentou na Avenida Fernandes Lima, deixando o trânsito lento.

Durante o protesto houve uma confusão envolvendo um motorista, que teve o parabrisa quebrado. Militares do 4º BPM foram deslocados para a região para acalmar os ânimos e negociar a liberação da via, o que aconteceu por volta das 8h30.

A reportagem do Alagoas 24 horas solicitou posicionamento da Companhia de Saneamento sobre o desabastecimento na região, que enviou a seguinte nota:

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que já trabalha na resolução do desabastecimento de Chã de Bebedouro. Para isso, ainda nesta segunda-feira (26) efetuou a substituição de uma bomba no reservatório R-8 e as equipes estavam em campo, nos últimos dias, em busca de algum vazamento não visível que estaria diminuindo a pressão da rede. Esse vazamento foi encontrado no final da tarde de ontem, com a água de uma rede de 300 milímetros de diâmetro caindo dentro de uma galeria de águas pluviais, ou seja, sem nenhum sinal aparente na superfície, o que tornou a procura ainda mais complicada. Na manhã desta terça-feira (27), a equipe de manutenção já está a caminho do local, situado em Chã de Bebedouro, para efetuar o conserto da rede rompida. Após o fim do serviço, o abastecimento será retomado gradativamente, ou seja, algumas ruas recebem água na tarde de hoje, outras durante a noite e em 24 horas o fornecimento estará totalmente recuperado.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *