Impedidas de entregar cestas, mulheres de presos bloqueiam F. Lima

Mulheres e familiares de reeducandos do sistema prisional da capital bloqueiam trecho da Avenida Fernandes Lima, sentido Tabuleiro/Centro, na manhã desta quinta-feira (19). A manifestação acontece em protesto à suspensão da entrega de cestas básicas aos presos em três unidades da capital. As mulheres bloqueiam cruzamento da Avenida Fernandes Lima e pretendem seguir até o Palácio República dos Palmares.

A Secretaria de Ressocialização (Seris) informou, por meio da sua assessoria, que algumas rotinas carcerárias, entre elas a entrega das cestas, foram suspensas após o não pagamento de uma bolsa-qualificação aos policiais penais. A Seris está negociando com a Secretaria de Planejamento, e uma reunião foi agendada para a próxima terça (24) para debater o assunto.

Ainda de acordo com a Seris, após a resolução do pagamento, será divulgado um novo cronograma para a entrega das cestas, além da divulgação do cronograma de retomada gradativa das visitas, que deverá ser iniciado em dezembro.

Leia nota, na íntegra, da secretaria:

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa que já adotou todas as providências para garantir o pagamento da bolsa qualificação dos policiais penais, reafirmando a importância da mesma diante da necessidade de permanente qualificação do servidor penitenciário. Nesse sentido, a Seris segue com as tratativas junto à Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), a fim de concretizar, o quanto antes, o pagamento do benefício em questão.

Veja Mais

1 comentário

  • Jose robson says:

    Não pode atirar nem com bala de borracha chama o carro do bonbeiro e jato de agua nelas..é foda msm eles tão pagando pelo que feis tem familias sem pai pessoas machucadas baleadas etc que estes que elas defendem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *