Vereador eleito é preso acusado de integrar grupo de extermínio suspeito em 6 crimes

Três pessoas foram presas em ação da Polícia Civil na cidade de Viçosa, em Alagoas

Polícia Civil

Uma operação realizada  na manhã desta quinta-feira (19) resultou na prisão de três suspeitos de integrarem um grupo de extermínio que agia no município de Viçosa, na região da Zona da Mata de Alagoas. Os criminosos têm 22, 30 e 49 anos. Seus nomes não foram revelados devido a lei do Abuso de Autoridade. Entre os detidos está um vereador eleito nas últimas eleições.

De acordo com a Polícia Civil, pesam sobre os três suspeitos cerca de seis homicídios. A PC ainda informou que os motivos dos crimes eram sob a troca de recompensas e vantagens políticas.

“Os suspeitos agiam matando pessoas com promessas de recompensa e vantagens como votos e apoio político, intimidando e ameaçando testemunhas e familiares das vítimas , bem como eliminando provas dos crimes”, afirmou Joubert Ataíde, chefe de operações da 9ª Delegacia Regional de Polícia (DRP).

Os criminosos foram conduzidos à sede da DRP, em Viçosa, onde estão à disposição da Justiça.

Veja Mais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *