Idoso passa mal e morre na Central de Triagem de Covid-19 em Arapiraca

Familiares disseram que ele foi faze teste para saber se estava com Covi-19

Reprodução / Google

Central de Triagem Iza Castro

Um homem de 73 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (20) na Central de Triagem Iza Castro, em Arapiraca. Ele chegou passando mal e  realizou o teste rápido que comprovou ele estava com Covid-19.

A família foi orientada pela equipe de atendimento a levá-lo para o hospital, mas preferiu que ele fosse atendido na Central de Triagem.  Os profissionais realizaram várias manobras de ressuscitação, mas o idoso não resistiu e morreu no local.

Após a confirmação do óbito todos os procedimentos de segurança, como isolar o corpo em um saco plástico, foram adotados para que o corpo fosse liberado para o sepultamento.

Por meio de nota, a Sesau confirmou a informação e deu outros detalhes sobre a situação.

Confira a nota na íntegra: 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Óbito na Central de Triagem – Arapiraca

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informa que, na madrugada desta sexta-feira (20), por volta de 1h25, a Central de Triagem Iza Castro, localizada em Arapiraca, atendeu o paciente J.A.S., de 73 anos, levado por sua família em busca de atendimento para a realização do teste rápido para diagnóstico positivo ou negativo de Covid-19.

Ainda na triagem, o paciente apresentava sintomas de infarto grave e a família foi orientada pela equipe médica a encaminhá-lo para o Hospital Regional de Arapiraca com vistas a um serviço de maior suporte e por ser referência no atendimento, no entanto houve recusa por parte da família.

Conforme relatório médico da Central de Triagem Arapiraca, o paciente foi atendido, passou pelo teste rápido, com resultado positivo para Covid-19 e sua saturação estava em 64%. A equipe médica, novamente, informou à família do paciente que ele precisava ser encaminhado ao hospital, de forma urgente, por conta do quadro clínico que estava apresentando. Os familiares ainda informaram à equipe da Central de Triagem que o paciente tinha comorbidades como hipertensão e diabetes.

De imediato, a Central de Triagem acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), com base em Arapiraca, para a realização do socorro e encaminhamento ao hospital. Em paralelo ao chamado ao Samu, os médicos plantonistas da Central de Triagem colocaram em prática o procedimento de Reanimação Cardiopulmonar (RCP), mas não houve êxito e o óbito foi constatado.

A Central de Triagem reitera que colocou em prática todos os procedimentos para atender o paciente J.A.S., assim que chegou ao local. Reforça, ainda, ter comunicado à família sobre a necessidade de levá-lo ao Hospital Regional de Arapiraca para maior suporte em decorrência do quadro de infarto grave que apresentara. Por fim, a Central de Triagem lamenta o óbito do paciente e se solidariza com a família.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *