Mulheres de reeducandos voltam a protestar e bloqueiam trânsito na parte alta de Maceió

Reprodução / Whatsapp

Protesto de familiares de reeducandos

Mulheres e familiares de reeducandos do sistema prisional voltaram a bloquear o trânsito em Maceió, nesta segunda-feira, 23, em protesto à suspensão da entrega de cestas básicas aos presos em três unidades na Capital.

Reprodução / Whatsapp

Protesto de familiares de reeducandos

Trechos da Av. Durval de Goés Monteiro, próximo a um hipermercado, foram bloqueados nos dois sentidos, causando grande congestionamento na região, que já sofre pelas obras de construção do viaduto na rotatória da antiga Polícia Rodoviária Federal.

Nas redes sociais, motoristas que foram surpreendidos pelo ato, mostravam indignação pela demora.

O Alagoas24Horas entrou em contato com a Secretaria de Ressocialização (Seris), que na última quinta-feira (19), diante de ação semelhante, a secretaria se reuniu com representantes dos familiares e comunicaram que algumas rotinas carcerárias foram suspensas após o não pagamento de uma bolsa-qualificação aos policiais penais e que o assunto seria debatido com a Secretaria de Planejamento (Seplag) em reunião marcada para esta terça-feira (24), às 10h.

Ainda não há confirmação de que o trânsito tenha sido liberado até a publicação desta matéria.

Reprodução / Whatsapp

Protesto de familiares de reeducandos

Veja Mais

1 comentário

  • Aldir says:

    Se fossem professores protestando pacificamente por melhorias nas condições de ensino nas escolas, onde os filhos dos PMs estudam, a PM já teria descido o pau , spray de pimenta, bomba, chutes etc. Mas mulher de presidiário… Não. Falam até mansinho.elas chingam é eles caladinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *