Perícia identifica corpo de mulher carbonizado no Sertão; PC investiga

Vânia da Conceição de Oliveira, de 45 anos, foi encontrada com corpo carbonizado às margens de rio.

Reprodução

Vítima foi identificada como Vânia da Conceição de Oliveira, de 45 anos.

A Perícia Oficial do Estado de Alagoas confirmou, na manhã desta quarta-feira (25), a identidade de um cadáver encontrado parcialmente desmembrado e carbonizado às margens do Rio Ipanema, em Batalha, no último sábado (21).

De acordo com as informações oficiais, trata-se de Vânia da Conceição de Oliveira, de 45 anos e foi identificada por familiares. Ela foi encontrada sem vida em um matagal com estrada de acesso a uma fazenda, na zona rural do município. Na ocasião, policiais militares e a guarda foram acionadas, assim como perícia e IML, que recolheram os restos mortais.

REELEMBRE: Corpo carbonizado é encontrado às margens do Rio Ipanema, no sertão de AL

Inicialmente, a linha de investigação apontava que a vítima teria sido assassinada com golpes de arma branca, no entanto, após realização dos procedimentos necessários, o relatório da perícia oficial apontou que Vânia foi vítima de morte por queimadura. Caberá à Polícia Civil apontar a dinâmica do crime, se a mulher foi queimada viva.

Relatos de familiares apontam que, quando os restos mortais foram encontrados, a vítima já estava desaparecida há dois dias. O inquérito para a investigação do caso foi aberto pelo delegado Regional de Batalha, Dr. Valter Nascimento. Algumas pessoas foram ouvidas como testemunhas, mas a polícia não tem mais informações sobre suspeitos de praticar o crime brutal.

Cortesia ao AL24h

Corpo foi parcialmente esquartejado e queimado às margens do Rio Ipanema

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *