Gama Junior e sua música sagrada no Teatro Deodoro: 110 anos

Artista estreia quarto vídeo da série comemorativa ao aniversário da casa

Divulgação

A arte pulsa na veia da família Gama. O amor pela música passou de pai para filho. Mestre Gama, o pai, toca e fabrica pífano com maestria. Seu filho, Gama Junior, enveredou em uma mistura de ritmos, buscando cantar o sagrado. Já são 25 anos de carreira levando a música de cura ao público.

Gama Junior estreia o quarto vídeo da série comemorativa ao aniversário de 110 anos do Teatro Deodoro, patrimônio cultural de Alagoas, produzida pela Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal). Na produção audiovisual, Gama conta um pouco de sua história, fala do trabalho e da relação com o palco centenário. Assista pelo link: https://youtu.be/RcWEb5jE5E4 .

“Eu misturo a minha música com ritmos nordestinos, brasileiros, com a força dos mantras indianos, dos cantos de rezo. Essa força faz com que as pessoas que escutam e tocam comigo recebam essa energia forte, poderosa”, revela o artista.

No vídeo, Gama Junior apresenta a canção de sua autoria, Florescer Bhakti, fazendo voz e violão, acompanhado de Dinho Zampier (teclado e piano elétrico); Ykson Nascimento (baixo); Wilson Santos (percussão) e Docho Manta (percussão, efeitos e backing vocal). Rachel Monteiro participa com uma performance. Arnaud Borges assina o cenário, a direção artística e a direção de palco.Edner Careca fez o desenho de luz. O figurino ficou com Olívia Amorim. A maquiagem foi de Camila Eller. A gravação contou com o apoio da Namastê Produções.

“Esse teatro é um templo para nós. O sonho de todo artista alagoano é se apresentar nesse palco. A minha relação com o Teatro Deodoro é desde cedo, quando eu cantava no Coretfal, que foi uma grande escola para mim. A primeira vez que eu cantei aqui, vi essas cortinas se abrindo e o público recebendo a nossa força artística, disse: realmente, é um templo sagrado e aqui vou me conectar com o divino. Desde então, todos os meus álbuns foram lançados no palco desse teatro: Massala, Faz o que te faz bem, Meditasom. A minha ligação com o Deodoro é muito forte. A sensação de estar nesse palco comemorando os 110 anos com tanta gente boa e artistas é motivo de muita graça, como se eu estivesse recebendo um prêmio, como se eu tivesse sido escalado para a seleção brasileira de futebol (risos)”, conclui Gama.

O projeto Teatro Deodoro: 110 anos conta com nove vídeos de artistas e grupos alagoanos, entre teatro, dança e música, que falam de sua trajetória e ligação com o palco centenário. As estreias ocorrem todas terças e quintas-feiras, às 8h, no canal do Teatro Deodoro no Youtube, de 17/11 a 15/12.

Fonte: Diteal

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *