Ex-Chelsea, Paulo Ferreira diz no Bola da Vez por que Felipão não deu certo na Inglaterra

Premier League

A ESPN Brasil segue cada vez mais internacional, e o Bola da Vez recebeu o português Paulo Ferreira, antigo lateral-direito de Chelsea, Porto e seleção.

No bate-papo com André Plihal, João Castelo-Branco e André Kfouri, o atual olheiro dos Blues falou de José Mourinho, Cristiano Ronaldo, Jorge Jesus e muito mais. E, obviamente, Luiz Felipe Scolari, o Felipão, foi assunto.

O treinador brasileiro comandou Paulo tanto na seleção de Portugal quanto no Chelsea, e o ex-jogador contou como era trabalhar com o campeão da Copa do Mundo de 2002:

“Foi um prazer muito grande trabalhar com ele, uma pessoa fantástica. Não tenho nada de ruim para falar dele, pelo contrário. Teve uma altura da minha carreira onde eu não estava jogando muito e o Felipão me ligou para a Eurocopa em 2008. Foi um prazer muito grande trabalhar com o professor Scolari, depois no Chelsea também”.

Em seis meses entre 2008 e 2009, Felipão trabalhou na Premier League. Após apenas 36 partidas, o comandante foi demitido, e Paulo tenta explicar por que Scolari não deu certo na terra da rainha:

“Ali foi um pouco diferente, porque havia a diferença de trabalhar em um clube, foi um pouquinho diferente, e pelo fato de ser a Inglaterra, com uma língua completamente diferente. O fato de não dominar a língua não ajudou muito, já que o professor é muito forte na comunicação, mas foi uma honra trabalhar com ele. O problema é que alguns jogadores se queixaram da pré-temporada, disseram que a pré-temporada não era muito forte, e na Inglaterra está tudo muito ligado à competitividade, é uma liga muito dura. Tinha um ou outro jogador que tocava nesse assunto, mas de resto, logicamente que os resultados não foram os melhores, e infelizmente o professor acabou saindo.”

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *