Agressores de ator deverão responder por lesão corporal grave

O delegado Fabrício Nascimento, titular da Barra de São Miguel, informou que o inquérito que apura a agressão ao ator Henri Castelli, ocorrido em uma festa de pré-réveillon, em Barra de São Miguel, já está em fase de conclusão. A Polícia Civil de Alagoas iniciou as investigações assim que foi informada do fato.

Nascimento afirmou que o ator, assim como testemunhas levadas por ele, e os acusados da agressão já prestaram depoimento à polícia judiciária. Segundo o delegado, o inquérito deverá ser remetido ao Ministério Público e os autores deverão ser indiciados pelo crime de lesão corporal grave.

Henri Castelli chegou a negar a agressão. Ele afirmou, logo após aparecer com a boca inchada em suas redes sociais, que havia sofrido um acidente em uma academia. O próprio ator gravou um vídeo onde afirmava que havia dado entrada na Santa Casa de Maceió, onde recebera atendimento, após se ferir acidentalmente.

Horas após a internação, o ator foi acompanhar a partida do São Paulo em um restaurante da orla, acompanhado do ex-jogador Aloísio Chulapa. Mais uma vez, o ator gravou vídeos demonstrando aparente normalidade.

Na noite de ontem, no entanto, Castelli mudou completamente a versão e relatou a agressão, inclusive apresentado o boletim de ocorrência. Os supostos autores da agressão afirmam que foi o ator o responsável por iniciar a briga. REVEJA AQUI.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *