Polícia Civil recupera 40 celulares roubados em seis meses no Pilar

Delegado alerta que comprador do aparelho pode responder por crime de receptação

PC/AL

Aparelhos celulares recuperados

O balanço dos seis últimos meses de 2020 da operação “Cellulare” realizada na cidade do Pilar chegou a 40 celulares recuperados. As ações para a recuperação dos aparelhos são conduzidas pelo delegado Sidney Tenório, que assumiu o comando da distrital em julho do ano passado.

O delegado salienta que todas as pessoas flagradas com os aparelhos celulares roubados ou furtados são conduzidas até a unidade policial e autuadas pelo crime de receptação, seja ele na modalidade dolosa ou culposa, conforme o caso apresentado. Os aparelhos são devolvidos logo em seguida aos proprietários.

“Sempre orientamos a população para que não compre objetos sem nota fiscal, uma vez que esses produtos podem ser oriundos de roubos ou furtos, o que configura crime de receptação, cuja pena é de reclusão, de um a quatro anos, e multa. Desconfie também se o aparelho oferecido a você estiver sendo ofertado por um valor abaixo do mercado”, frisou Sidney Tenório.

Boletim de Ocorrência

A Polícia Civil orienta as vítimas de roubo ou furto de celular a se dirigirem a uma unidade policial para realizar um Boletim de Ocorrência. Para isso, é necessário fornecer nome completo e CPF do titular da linha habilitada no aparelho subtraído, endereço, data e horário do crime, número do telefone e o número do IMEI do aparelho. O BO também pode ser feito com o acesso através da Delegacia Virtual  (https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/home).

Denúncias

A população também pode contribuir repassando informações que possam ajudar nos trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181. O sigilo e o anonimato são garantidos. “Além da recuperação dos aparelhos também focamos na investigação para prisão dos assaltantes”, finalizou Sidney Tenório.

Fonte: PC/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *