Coronel Wellington Bittencourt assume comando da Polícia Militar de Alagoas

Solenidade de passagem de comando aconteceu na APMSAM com a participação do governador Renan Filho e do secretário Alfredo Gaspar

PMAL

Passagem de comando contou com a participação do governador Renan Filho

A Polícia Militar de Alagoas realizou, na manhã desta quarta-feira (13), a solenidade de passagem do Comando-Geral da Corporação. O coronel Wellington Bittencourt Maranhão de Araújo assumiu o cargo durante o evento que aconteceu na Academia de Polícia Militar Senador Arnon Melo, no bairro do Trapiche da Barra, em Maceió.

Nomeado pelo governador Renan Filho – que presidiu a cerimônia acompanhado do secretário de Estado da Segurança Pública (SSP/AL), Alfredo Gaspar de Mendonça; o coronel Bittencourt, até então comandante da 3ª Área de Policiamento do Interior (CPAI-III), substitui o coronel Marcos Sampaio, que aguarda o processo de transferência para a Reserva Remunerada. Durante a solenidade, também houve a transferência da titularidade do cargo de subcomandante-geral, que antes era ocupado pelo coronel Wilson da Silva e agora passa a ser do coronel Thúlio Emery.

O novo comandante-geral é o segundo oficial a chegar ao maior cargo da Instituição depois de ter frequentado o Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Estado de Alagoas. Antes dele e do seu antecessor, os demais comandantes concluíram o curso em outras unidades federativas.

A passagem de comando é uma solenidade rotineira na Corporação e visa dar publicidade à ascensão de novos comandos dentro da PM. Durante a solenidade, que foi acompanhada por uma pequena quantidade de oficiais, praças, amigos e familiares – para evitar a disseminação do novo conoravírus, o governador parabenizou o trabalho desenvolvido desde abril de 2016 pelo coronel Sampaio e elogiou o sucessor.

“Quero lhe agradecer comandante Sampaio, primeiro em meu nome, mas também em nome de todo o povo alagoano. Ao final do seu comando, o senhor sai de cabeça erguida. A PM de Alagoas é motivo de orgulho e satisfação para nosso povo, mas não tenham nenhuma dúvida, a imagem da PM está vivendo um dos seus melhores momentos fruto do trabalho que nos chegou até aqui. Coronel Bittencourt seja bem-vindo! Eu já reconheço sua competência na forma de agir, pelos seus trabalhos realizados preteritamente. Desejo-lhe muita sorte ao lado do nosso secretário Alfredo Gaspar de Mendonça.Conte com todos, mas especialmente com o apoio irrestrito do governador para que possamos fazer o trabalho que o povo espera de nós. Nós seguiremos como chegamos até aqui, sempre juntos. Sucesso!”, afirmou Renan Filho, que ainda falou sobre os avanços na área.

“Valorização profissional de quem está na carreira, com salários melhores e em dia, com equipamentos de ponta e a chegada de novos profissionais na categoria. Estamos agora finalizando um novo grupo de oficiais, que agora em fevereiro estará a serviço do povo alagoano. Além dos quase mil praças que também estão se formando, hoje abrimos o concurso para mais 1.060 policiais militares. Estamos vendo aqui as primeiras viaturas da história da PM blindadas. Agora, nós temos centenas de viaturas novas demonstrando a mudança e a modernização da Segurança Pública em Alagoas, que ocorrem fortalecidas pelas nossas cabeças e nossas ações e mudam decisivamente a sociedade alagoana para melhor”, finalizou.

Em seu discurso iniciado com uma passagem bíblica, o coronel Marcos Sampaio agradeceu pela confiança a ele prestada diante da missão de comandar a maior instituição da Segurança Pública do Estado e o apoio recebido também pelos familiares.

“Senhores chegou a hora de embainhar a espada e prestar a última continência. Foram quatro anos à frente da Briosa Polícia Militar de Alagoas. Missão desafiadora e honrosa, nesse período enfrentamos obstáculos, mas com certeza que nunca tivemos sozinhos. Tenham convicção de que me dediquei ao máximo com o objetivo principal de fielmente cumprir a nossa missão. Agradeço aos meus pais, que com seus ensinamentos me proporcionaram toda base de amor, respeito, humildade e honradez, alicerces para a vida. À minha amada esposa e aos meus filhos, peço perdão pelos momentos de ausência e agradeço todo o apoio e carinho que sempre tiveram comigo. Amo vocês! Gostaria de fazer um agradecimento especial a todo o corpo de oficiais e praças que compõem a PM-AL, tropa que diariamente proporciona segurança à nossa gente”, afirmou o oficial superior. .

Durante o evento, tanto os coronéis substituto e substituído receberam uma homenagem das mãos do pequeno soldado do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) Victor, que sonha em seguir a carreira dos pais na vida militar.

Ao final do evento, a tropa formada, que foi reduzida como forma de prevenção à Covid-19, desfilou em continência ao seu novo comandante ao som da Banda de Música da PM.

“Os perfis de comandantes são diferentes, no entanto, a linha de trabalho, a postura, a condução serão as mesmas do comandante Sampaio dando continuidade ao seu trabalho”, afirmou o coronel Bittencourt.

O novo comandante-geral da PM

Formado em Filosofia/Ufal, Psicologia/Cesmac e Logística/Unopar, Wellington Bittencourt tem 54 anos e cerca de 33 deles dedicados à carreira militar, ingressando na PM no Curso de Formação de Sargentos Combatentes concluído em 1988. Foi declarado Aspirante depois de ter concluído o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado entre os anos de 1991 e 1993 na APMSAM, integrando assim a mesma turma do seu antecessor. Coronel Bittencourt concluiu o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) em 2003 e o Curso Superior de Polícia (CSP) em 2010, ambos realizados também na unidade de ensino da PM-AL.

Além da função de comandante do CPAI-III, que é responsável pelo policiamento no Litoral Norte e na Zona da Mata Norte, o coronel Bittencourt já passou pelos cargos de comandante do Policiamento do Interior (CPI) e do CPAI-II, da Companhia de Comando e Serviços (CCSv), da 4ª Companhia Independente (CPM/I), do 10º Batalhão da PM, do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), do 3º BPM, do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), foi também Diretor de Pessoal (DP), chefe de Gabinete do Comando-Geral e chefe da 2ª Seção do Estado-Maior Geral (EMG), além de gerente da Central Única de Informações, da Superintendência de Inteligência, da então Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS), entre outros.

O oficial possui cursos em diversas áreas, entre eles, o Curso de Especialização em Inteligência/PMPR, em 1996; Curso de Processo Administrativo para Correição – Turma “B” – IESA/SENASP; do Curso de Sistema de Comando de Incidentes – “Incidents Command System Course”, ministrado em Brasília pela Guarda Costeira dos Estados Unidos da América (EUA), em 2012; Curso de extensão universitária na modalidade de difusão: integração de competências no desempenho da atividade judiciária com usuários e dependentes de drogas – USP, em 2013; Curso de Introdução à Atividade de Inteligência – EaD/SENASP, em 2014; Curso de Segurança Orgânica e Análise de Inteligência Nível Produção do Conhecimento, em 2014; Curso de Capacitação em Gestão da Qualidade e Certificação, em 2019. Entre medalhas recebidas estão a Zumbi dos Palmares, maior honraria da PM-AL; de Tempo de Serviço Policial Militar; e a Ordem do Mérito Alferes Joaquim José da Silva Xavier, no grau Grande Oficial, a mais alta distinção da PM do Distrito Federal.

Subcomandante-geral da PM

O coronel Thúlio Emery, que até então ocupava o cargo de Corregedor-geral da PM, assumiu o Subcomando-Geral da Instituição e agora trabalhará de forma mais próxima do coronel Bittencourt. Além da Corregedoria, entre outras unidades, o coronel Thúlio também foi ajudante-geral, comandante do CPAI-I, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope); do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), do BPRp, 2º BPM, 3º BPM e 8º BPM.

Fonte: PMAL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *