Homem executado em churrasquinho era empresário com negócios em Maceió e Arapiraca

Ascom/POAL

IML de Arapiraca

O Instituto Médico Legal Edvaldo Castro Alves, em Arapiraca, confirmou a identidade do homem assassinado a tiros na noite desta quarta (13) enquanto bebia na companhia de amigos em um churrasquinho no bairro Cavaco, em Arapiraca. Trata-se do empresário Fabiano Correia Ramalho de Azevedo, de 45 anos. RELEMBRE AQUI.

Segundo testemunhas, a vítima foi surpreendida por dois elementos que chegaram em uma motocicleta e abriram fogo contra ele, que ainda tentou correr, mas tombou sem vida. Mesmo caído, o empresário foi agredido pelos assassinos.

Fabiano Ramalho possuía lojas em Maceió e em Arapiraca. Em março do ano passado, ele foi destaque na mídia ao fazer campanha contra o isolamento social devido à Covid-19, inclusive participando das manifestações O Brasil Não Pode Parar. Até o momento, Alagoas registra 109.720 casos do novo coronavírus, além de 2.585 mortes em decorrência da doença.

Em outubro do ano passado, Ramalho foi detido por policiais militares no bairro do Poço. Ele estava com uma pistola Glock calibre .380. O empresário foi preso em abordagem de rotina, quando circulava no veículo Ranger de cor azul e placa ORJ 1600.

A PM não informou se o empresário portava alguma arma quando foi assassinado. Segundo o relatório do 3º BPM, o veículo da vítima, uma Amarok de cor cinza e placa QLK 3557/AL foi entregue à Polícia Civil. O veículo deve ser periciado. Como nenhum objeto do empresário foi levado, a polícia deve descartar, inicialmente, a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte).

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *