Mulher embriagada atropela dois policiais militares

Uma motorista embriagada invadiu a pista contrária e atropelou dois policiais militares que estavam em patrulhamento na noite do último domingo, dia 28, em Belo Horizonte (MG). Câmeras de segurança gravaram o momento em que a mulher, de 50 anos, atingiu os dois agentes, de 28 e 38 anos, que estavam em duas motos, entre as ruas Alvorada de Minas e Moema, no bairro Jardim Montanhês, na Região Noroeste da capital mineira. Os dois policiais, que aguardavam para entrar em uma rua, caíram na pista logo depois que o carro bateu neles. O acidente aconteceu por volta das 21h08m.

De acordo com a PM, os militares sofreram ferimentos leves, mas foram levados para o Hospital Vera Cruz. Eles tiveram escoriações pelo corpo, sendo que o policial de 28 anos sentiu dores no quadril e no cotovelo, enquanto o policial de 38 anos reclamou de dores nas pernas. Conforme a versão dos PMs, a mulher, que não teve a identidade revelada, apresentava sinais de estar embriagada, com cheiro de álcool e olhos vermelhos.

Ela realizou o teste do bafômetro por livre e espontânea vontade, que mostrou que ela havia ingerido álcool. O resultado apontou que a condutora tinha 0,39 mg de álcool por litro de ar alveolar, conforme avalia a legislação, além de sinais de alteração da capacidade psicomotora. Segundo a motorista, ela havia consumido apenas uma cerveja por volta das 18h. Ainda no depoimento inicial, ela informou que não sabe como invadiu a pista contrária e atingiu os policiais.

A mulher foi autuada em flagrante por dirigir embriagada, teve a CHN apreendida e foi conduzida para Delegacia de Plantão do Detran de BH. Conforme o órgão, uma fiança de R$ 2,2 mil foi estipulada, e a infratora pagou o valor para ser liberada. Uma investigação foi aberta para apurar a acusação de lesão corporal culposa contra os dois policiais. Não há nenhum outro registro contra a autora por embriaguez.

A carteira de habilitação da motorista ficará suspensa e vai responder pela infração administrativa. A penalidade consiste em multa de R$ 2.900, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, com recolhimento da carteira de motorista e retenção do veículo.

 

 

Fonte: Extra

Veja Mais

Deixe um comentário