Após Câmara, ALE também aprova funcionamento de templos religiosos durante a pandemia

A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) aprovou, por unanimidade, na manhã desta quarta-feira (7), Projeto de Lei (PL) que tornou atividades religiosas como essenciais, mesmo durante vigência de decretos de calamidade publica.

O PL de autoria do deputado Dudu Ronalsa (PSDB) foi colocado em pauta pela ALE, um dia depois do PL de autoria do vereador Oliveira Lima (Republicanos) ter sido aprovado na Câmara Municipal de Maceió (CMM), nessa terça-feira (6).

Na Casa de Tavares Bastos, o PL foi colocado em discussão, mas nenhum dos deputados se pronunciou sobre o assunto. O PL agora será apreciado pelo governador Renan Filho (MDB) que tem prerrogativa para sancionar ou vetar. Caso seja vetado, a ALE apreciará o veto, que pode ser derrubado em nova votação.

Vale ressaltar que o funcionamento de templos religiosos será tema de discussão no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira.

Veja Mais

Deixe um comentário