São Luís se torna a primeira capital a vacinar pessoas abaixo de 30 anos sem comorbidades contra a Covid

Além da capital maranhense, outros quatro municípios da Grande Ilha começam a vacinar pessoas com 29 anos ou mais a partir desta sexta-feira (11). Desde o início da campanha de imunização, São Luís já aplicou mais de meio milhão de doses de vacina.

Nesta sexta-feira, serão vacinadas pessoas a partir com 29 anos ou mais sem comorbidades. A vacinação deste público-alvo começa a partir das 19h, pelo sistema drive-thru, no Pátio Norte Shopping. O mutirão de imunização segue até às 12h do domingo (13).

Serão, ao todo, 41 horas seguidas de vacinação. Além de São Luís, a vacinação também abrange a população dos outros três municípios da Grande Ilha (São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa).

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, afirmou ao G1 na quinta-feira (10), que na próxima semana, pessoas a partir de 25 anos sem comorbidades, já serão vacinadas. Com isso, a prefeitura da capital abriu o cadastro de vacinação para este público-alvo.

A expectativa, segundo o calendário de vacinação divulgado pela Secretaria Municipal de São Luís (Semus), é que a partir de segunda-feira (14), pessoas com 29 e 28 anos já sejam vacinados na capital maranhense.

De acordo com os dados do ‘vacinômetro’, divulgados na quinta-feira, São Luís aplicou 534.961 doses de vacinas contra a Covid-19. Ainda nessa quinta, a capital maranhense bateu um novo recorde e vacinou, em um único dia, 19.260 pessoas.

Desde o início da campanha de imunização contra o novo coronavírus, a capital maranhense recebeu 593.447 doses dos imunizantes. A prefeitura afirma, que a taxa de vacinação na capital, é de 90,14%.

Veja, abaixo, a faixa-etária de vacinação contra a Covid-19 nas 26 capitais e no Distrito Federal:

  • Rio Branco (AC) – 60 anos
  • Maceió (AL) – 52 anos
  • Manaus (AM) – 50 anos
  • Macapá (AP) – 55 anos
  • Salvador (BA) – 51 anos
  • Fortaleza (CE) – 41 anos
  • Brasília (DF) – 58 anos
  • Vitória (ES) – 50 anos
  • Goiânia (GO) – 52 anos
  • São Luís (MA) – 29 anos
  • Cuiabá (MT) – 55 anos
  • Campo Grande (MS) – 50 anos
  • Belo Horizonte (BH) – 56 anos
  • Belém (PA) – 57 anos
  • João Pessoa (PB) – 50 anos
  • Curitiba (PR) – 56 anos
  • Recife (PE) – 43 anos
  • Teresina (PI) 55 anos
  • Rio de Janeiro (RJ) – 54 anos
  • Natal (RN) – 57 anos
  • Porto Alegre (RS) – 55 anos
  • Porto Velho (RO) – 60 anos
  • Boa Vista (RR) – 60 anos
  • Florianópolis (SC) – 53 anos
  • São Paulo (SP) – 60 anos
  • Aracaju (SE) – 55 anos
  • Palmas (TO) – 60 anos

Mutirão da vacinação

Desde maio, São Luís iniciou um mutirão de vacinação contra a Covid-19, após a confirmação de seis casos da variante indiana em tripulantes do navio ‘MV Shandong da Zhi’ atracado na costa maranhense.

Por conta de complicações no estado de saúde de um dos tripulantes de 54 anos, ele precisou ser internado em um hospital privado de São Luís. Os outros, seguiram em quarentena no navio. Segundo o governo do Maranhão, não houve transmissão local da variante no estado.

Após a confirmação dos casos, o Ministério da Saúde enviou 300 mil doses extras de vacinas AstraZeneca/Oxford, do que estava previsto inicialmente no Plano Nacional de Imunização (PNI). Todas as doses foram destinadas aos quatro municípios da Grande Ilha.

Com isso, a cobertura vacinal foi ampliada em São Luís. O aumento na procura pelas doses e a abertura de novos públicos-alvo, foram abertos novos pontos de vacinação foram abertos na capital. Até o momento, o município possui nove locais de vacinação espalhados em toda a capital.

Fonte: G1 MA

Veja Mais

Deixe um comentário