Secult divulga habilitados para Registro do Patrimônio Vivo

Ao todo, 120 mestres concorrem às novas vagas

Daniel Borges

Mãe Neide é uma das personalidades da cultura alagoana que já foram contempladas com o Registro do Patrimônio Vivo.

O Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), divulgou, no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (10), os habilitados para concorrer às três novas vagas do Livro de Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Alagoas. Ao todo foram 127 mestres inscritos e 120 habilitados.

O edital reconhecerá como Patrimônio Vivo do Estado da Alagoas mestre e mestras que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e para a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular de uma comunidade estabelecida em Alagoas nas áreas de danças e folguedos da cultura popular, literatura oral e/ou escrita, gastronomia, música, artes cênicas, artesanato, dentre outras.

São considerados aptos a receberem o registro de Patrimônio Vivo brasileiros residentes em Alagoas há 20 anos, que tenham participação comprovada em atividades culturais no mesmo período e estejam capacitados a transmitir seus conhecimentos ou suas técnicas à sociedade, de forma presencial ou por intermédio dos mais diversos meios de comunicação.

 A lista completa com os habilitados está disponível em http://bit.ly/RPVALAGOAS2021.

Fonte: Ascom Secult/AL

Veja Mais

O Renascer da Floresta

A pequena índia Teçá nasceu com surdez, se comunica através da linguagem de Libras e, através da literatura, compartilha uma...

Deixe um comentário