Câmara Federal quer explicação do BB sobre fechamento de agências

Alagoas24horas/Arquivo

Acusados foram presos na agência do Banco do Brasil na orla de Ponta Verde, na Avenida Álvaro Otacílio.

Após ampla divulgação sobre os prejuízos que o fechamento de várias agências do Banco do Brasil vão provocar, o presidente da comissão  de Fiscalização Financeira e Controle  da Câmara, deputado federal Hildo Rocha virá pessoalmente a Alagoas nesta segunda-feira, dia 28. Acompanhado do presidente da AMA, Hugo Wanderley, prefeitos e representantes da bancada federal alagoana, CNM , entidades de classe e sindicato dos Bancários, o parlamentar fará  visita técnica às agências do Banco do Brasil que foram fechadas em Alagoas.

A Comissão, com subscrição dos Deputados Jorge Solla, Elias Vaz e Leo de Brito também aprovou a realização de Audiência Pública para debater o fechamento de agências do Banco, que acontecerá, logo após a visita a cidade de Maribondo, dia 28, às 12 horas, na cidade de Dois Riachos, Sertão.

Esse debate importante começou após reivindicação do presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) à Confederação Nacional dos Municípios ao Congresso, através da bancada federal do Estado, levando em consideração o prejuízo para as comunidades afetadas.

Além da AMA, o presidente da comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, deputado federal Hildo Rocha convidou a Superintendência do Banco do Brasil em Alagoas, Associação Comercial, Federação do Comércio, Câmara de Lojistas locais, Sistema S e sindicato dos Bancários

O presidente da AMA, Hugo Wanderley diz que o fechamento “é um retrocesso. O banco deve cumprir o seu papel social. O fechamento das agências e postos é ruim para economia local e durante a pandemia estimula ainda mais a aglomeração e a circulação de pessoas entre os municípios, quando no momento o isolamento social é peça fundamental para evitar o contágio”, diz o gestor que também se preocupa com a segurança do cidadão.

Segundo mapeamento preliminar feito pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), serão pelo menos 160 unidades em todo país, sendo o Nordeste a região mais afetada.

SERVIÇO

O QUE: VISITA DA COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE  DA CÂMARA, PRESIDIDA PELO DEPUTADO FEDERAL HILDO ROCHA

DATA: DIA 28 DE JUNHO, SEGUNDA-FEIRA

HORA/LOCAL

9 HORAS – VISITA A AGÊNCIA BANCO DO BRASIL EM MARIBONDO

12 HORAS – VISITA E AUDIÊNCIA PÚBLICA EM DOIS RIACHOS

Fonte: Ascom AMA

Veja Mais

Deixe um comentário