Mais de 60% dos adultos já tomaram a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Maceió

Resultados mostram eficiência do sistema de vacinação desenvolvido pela Prefeitura, que já aplicou 589 mil doses

A vacinação contra a Covid-19 avança em Maceió, onde mais de 60% de maceioenses com 18 anos ou mais já receberam a primeira dose. Desses, 22,09% já concluíram o ciclo vacinal, com as duas doses ou com o imunizante de dose única. Os números são resultado do esforço do prefeito JHC, que mantém a capital alagoana à frente da imunização contra a doença.

Com 589 mil doses aplicadas (1ª e 2ª doses), o Município mantém o propósito de cuidar da população, com índices significativos de cobertura, superando as metas de imunização, especialmente entre os públicos considerados mais vulneráveis à infecção, conforme estabelecido pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

Nesta quinta-feira (22), a capital iniciou a vacinação do público de 34 anos ou mais sem comorbidades e bancários acima de 18 anos. “A vacinação é minha maior prioridade. Seguiremos avançando cada vez mais”, afirma o prefeito.

Pessoas em situação de rua lideram o percentual de imunização, com o surpreendente resultado de 313,13% ou 1.500 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina, muito acima da expectativa inicial de 495 pessoas.

Funcionários do Sistema de privação de liberdade (126%), trabalhadores da Saúde (122%) e da limpeza urbana (113,17%), além de idosos com 60 anos ou mais (111,88%) vêm na sequência como os públicos com maiores percentuais de cobertura.

Por fim, pessoas com comorbidades (109,21%), trabalhadores da educação (108,06%) e das forças de segurança (107,88%), todos com percentuais acima dos 100% da meta estipulada para a imunização em Maceió.

De acordo com um levantamento divulgado na última quarta-feira (21), o maior número de pessoas vacinadas em números absolutos são os idosos, com 110.505 pessoas imunizadas com a segunda dose da vacina, e 114.430 com a primeira dose. O público estimado dessa população em Maceió é de 102.276 pessoas.

A diretora de Vigilância em Saúde, Fernanda Rodrigues, explica que as estimativas são estabelecidas pelo cruzamento de diversas fontes, como a quantidade de doses recebidas, levantamentos estaduais e federais, levantamentos e estimativas municipais e a Campanha da Influenza 2020.

Ela informa que os maceioenses têm respondido de forma positiva ao avanço das etapas de vacinação. “Seguimos com a determinação do prefeito JHC de vacinar todos os públicos definidos nos Planos de Imunização contra a Covid-19 imediatamente após a chegada de novas doses”, explica Fernanda.

A eficiência da vacinação aplicada pela Prefeitura de Maceió é observada na dinâmica do processo da chegada da vacina até a rápida distribuição entre os pontos de vacinação. “Vacina boa é vacina no braço. Quando chegam as novas doses, toda a estrutura já está montada para dar sequência imediata às etapas de cobertura”, informa o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para o Enfrentamento da Covid-19, Claydson Moura.

“Quando é possível, a depender da quantidade de doses recebidas, avançamos rapidamente para uma nova etapa, algumas vezes até no mesmo dia, o que demonstra que seguimos na liderança da organização e eficiência do processo”, concluiu.

 

Fonte: Ascom SMS

Veja Mais

Deixe um comentário