Empresário usa vídeo de furto em restaurante para ‘marketing’ de inauguração: ‘Não precisa invadir’

Hamburgueria em reforma é invadida por bandido no bairro da Barra, em Salvador/Foto: Reprodução/TV Bahia

Um restaurante previsto para ser inaugurado no dia 31 de julho foi arrombado na Rua Marquês de Leão, no bairro da Barra, em Salvador, e a ação foi toda registrada pelas câmeras do estabelecimento. O proprietário, então, decidiu utilizar as imagens do crime para fazer um vídeo para as redes sociais e chamar o público para o estabelecimento.

De maneira bem-humorada, Gabriel Gonçalves, dono do restaurante, comentou que, embora exista expectativa para a estreia do ponto no local, as pessoas podem aguardar o dia 31 de julho sem precisar invadir – fazendo referência ao furto sofrido.

“Veio a ideia de fazer um marketing em cima disso. Usei o próprio vídeo do assalto e lancei como inauguração. ‘Não precisa invadir, não precisa arrombar, a gente vai abrir’. Utilizei um limão para fazer uma limonada. A gente tem que trazer esse astral para o cliente também. Alegria para passar por tudo que a gente está passando, inclusive isso, da melhor forma”, disse ele.

Pelas imagens é possível ver um homem caminhando no local, por volta das 6h. Depois de invadir o restaurante, ele recolhe vários produtos, coloca em um saco e foge em seguida. Segundo o proprietário Gabriel Gonçalves, foram levados equipamentos novos, que estavam previsto para o uso do comércio, como computador, impressoras e outros objetos.

“Foi levado cobre, o ar condicionado, computador e impressoras. Como a loja é nova, a gente fez questão de comprar tudo novo. Agora a gente vai tocar com o que tem. Nossa inauguração será dia 31, mas vamos meter marcha nos trabalhos”, comentou o dono do restaurante.

“Estão todos ansiosos, eu sei. Não precisa invadir ou arrombar. O Pão de Alho vai inaugurar 31/07. Não se preocupem. Venha de máscara”, diz o vídeo, mostrando a imagem do suspeito olhando para a câmera e sem fazer uso do equipamento.

Relatos de assalto no bairro

Uma hamburgueria na mesma rua também foi arrombada e teve equipamentos e bebidas furtados. De acordo com o proprietário Marcos Luís, uma perda de R$ 6 mil já foi registrada com os crimes.

Câmeras do circuito interno mostram um homem recolhendo um monitor da hamburgueria e usando um isqueiro para iluminar o estabelecimento à procura de outros objetos. Outra câmera mostra ele abrindo a geladeira furtando seis garrafas de cerveja.

Segundo Marcos, a segurança na região é escassa e não é possível encontrar equipes da Polícia Militar com frequência na localidade.

“Agora é correr atrás, continuar trabalhando para poder se manter. Está complicada a insegurança. Na hora que a gente sai do trabalho, às vezes não tem uma viatura por aqui. Muito difícil”, disse o empresário.

O porteiro do prédio em frente aos estabelecimentos, José Ilmo, trabalha há mais de 20 anos no local e disse que já presenciou vários furtos e roubos na região. Ele reafirmou a sensação de insegurança dos empresários e comentou que é frequente o número de assaltos.

“A gente anda assustado à noite. Sábado, meio-dia, quando saio para ir para casa. Quando chego no ponto e não tem ninguém, já fico assustado. Porque aqui assalto é constante”, comentou o porteiro

A Polícia Militar disse que além do policiamento feito todo dia, as equipes fazem também operação de combate a roubos e arrombamentos. Segundo a PM, somente no primeiro semestre desse ano, 70 prisões em flagrantes foram feitas, além de seis veículos recuperados, duas armas de fogo e três simulacros apreendidos.

A Polícia Civil informou que a 14ª Delegacia Territorial está investigando o furto na hamburgueria e solicitou as imagens das câmeras de segurança para auxiliar nas apurações.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe um comentário