Jovem filmado agredindo colega em escola é indiciado por ato infracional equivalente a homicídio culposo

Imagens da câmera de segurança da escola mostra adolescente caído após ser agredido por colega — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil concluiu o inquérito da morte de Mateus Henrique Leal de Souza, de 17 anos. O estudante foi agredido por outro aluno, de 15 anos, em uma escola de referência em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Por nota, a corporação informou que o autor da agressão vai responder por ato infracional equivalente ao crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

“As investigações, depoimentos e outros elementos coletados indicaram, conforme o Código Penal, para o cometimento de um ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo”, disse a polícia, na nota.

O caso aconteceu no dia 22 de junho, em um corredor da Escola de Referência em Ensino Médio Frei Romeu Peréa, no Curado 1, durante o intervalo das aulas.

Imagens das câmeras do circuito interno de segurança da escola enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram o momento da agressão

Após ficar desacordado e cair no chão, Mateus foi levado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro do Curado, onde morreu.

No vídeo, é possível ver alguns alunos se empurrando no corredor da escola, por volta das 9h20. Em seguida, o estudante de 15 anos que não teve o nome divulgado agride Mateus com um soco e uma joelhada.

Inicialmente, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco se referiu ao caso como uma “brincadeira” entre os colegas, mas, posteriormente, enviou uma nota classificando o ocorrido como uma “agressão”.

O governo também disse que a equipe da escola prestou o socorro imediato de Mateus Henrique Leal de Souza, que foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Curado, onde morreu.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe um comentário