Filipina ‘adotada’ por torcida brasileira namora há seis anos estudante

Margielyn Didal e Jozel Manzanares namoram há seis anos

Ela não ganhou uma medalha na Olimpiada de Tóquio, mas saiu amada pela torcida de vários países, sobretudo da brasileira. Amada, porém, Margielyn Didal já era (e muito) pela namorada Jozel Manzanares. A skatista de 21 anos, e a universitária, de 25, estão juntas há seis anos. Tempo suficiente para que Jozel conheça cada tombo e cada dor sentida pela filipina, que mesmo machucada competiu na maior good vibe até o fim.

A atleta tinha só 15 anos quando conheceu Jozel e ainda tinha um longo caminho pela frente até chegar aos Jogos. A namorada testemunhou cada dente quebrado, as torções, os braços ralados, as fraturas. E sempre esteve ao lado dela. Mas como muitos companheiros e companheiras de competidores (Alô, Yasmin Brunet!) também não foi ao Japão torcer pela filipina.

Enquanto estavam longe, Jozel fez aniversário. Mesmo diante de treinos e pressão, Margielyn preparou de longe uma festa surpresa para a namorada, com a ajuda da mãe, nos quitutes, e de amigos na decoração. E completou a façanha com uma chamada de vídeo.

Jozel é estudante ainda e defende alguns trocados vendendo muitos objetos e roupas usados por Margielyn, como bonês de patrocinadores, camisetas e mochilas. Alguns bonés aparecem até rasgados pelos tombos da namorada. Os que valem mais, no entanto.

Desde muito nova no esporte, Margielyn passou a competir para tentar dar uma vida melhor à família. Mesmo com o pai sendo contra, pois achava que não era coisa de menina. A mãe, ambulante e doméstica, deu a maior força e abdicou de sua ajudante na barraca para que ela ganhasse o mundo.

Fonte: Extra

Veja Mais

Deixe um comentário