Champions: Chelsea estreia defesa de título em busca de feito que só um time fez nos últimos 30 anos

O Chelsea inicia nesta terça-feira (14) a defesa do título da Champions League. Em Stamford Bridge, o time de Londres recebe o Zenit, às 16h (de Brasília), para dar o primeiro passo rumo a algo bem raro nos últimos anos.

O maior torneio interclubes da Europa só teve um bicampeão autêntico (leia-se em anos consecutivos) nos últimos 30 anos. Em meio a muitos times históricos que marcaram época, o único que conseguiu o feito foi o Real Madrid.

A equipe estrelada por Cristiano Ronaldo conquistou três títulos seguidos nas temporadas 2015/16 (nos pênaltis, contra o Atlético de Madrid), 2016/17 (goleada por 4 a 1 sobre a Juventus) e 2017/18 (vitória por 3 a 1 sobre o Liverpool).

Antes dos espanhóis, o último bicampeão europeu foi o Milan, que, em 1988/89 e 1989/90, fez história sob comando de Arrigo Sacchi e com craques do quilate de Paolo Maldini, Franco Baresi, Frank Rijkaard, Ruud Gullit e Marco van Basten.

Em toda a história, outros times conseguiram dois ou mais títulos seguidos: o Real Madrid entre 1956 e 1960, o Benfica de 1961 e 62, a Internazionale de 1964 e 65, os tricampeões Ajax (71 a 73) e Bayern de Munique (74 a 76), além dos ingleses Liverpool (77 e 78) e Nottingham Forest (78 e 79).

Isso, porém, não serve de pressão para os comandados de Thomas Tuchel. Ainda em início de trabalho, já que chegou ao clube apenas em janeiro, o alemão falou da disputa pelo título pela segunda temporada seguida e alertou para as armadilhas que o Chelsea precisa evitar.

“O mais importante é não olhar para trás. Temos que manter o sentimento e o desejo. Esse sentimento cria uma fome por mais. É viciante. Em geral, esse esporte é sobre vencer, mas é necessário esquecer e começar do zero para mostrar essa fome de vitórias novamente”, disse.

“É obviamente o maior título que ganhei até agora, mas parece que foi há muito tempo. É o jogo mais importante da campanha na Champions porque é o único que jogamos até aqui e é a abertura da fase de grupos”, completou Tuchel.

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe um comentário