Atlético-MG: dirigente descarta contratação de Daniel Alves e explica porque lateral do São Paulo não interessa

Se os dias de Daniel Alves no São Paulo parecem mesmo contados, o lateral-direito terá que encontrar um novo clube para jogar e realizar o maior desejo da carreira: estar na Copa do Mundo de 2022, no Catar.

E, segundo Rodrigo Caetano, o Atlético-MG não será esse lugar. Em entrevista ao Canal do Nicola, no YouTube, o dirigente negou qualquer chance de acertar com o lateral.

“Nenhuma chance. Nosso elenco, hoje, o desafio nosso é que ele se mantenha com esse foco, com esse rendimento dentro de campo. Não conversamos a respeito desse atleta com um histórico, com uma carreira vencedora como o Daniel, em nenhum momento chegamos a falar no nome dele”, disse.

“Porque, às vezes, não é só oportunidade de mercado, o clube tem que, também, identificar necessidades. E, no nosso entendimento, não há essa necessidade, por isso não conversamos”, explicou.

Em abril deste ano, Daniel Alves interagiu com torcedores no Instagram e respondeu algumas perguntas. Um dos seguidores do craque quis saber se o jogador defenderia outro clube do Brasil além do São Paulo.

“Nenhum mais. Ou São Paulo ou volto para a Europa”, respondeu o camisa 10, que na época ainda não havia sido campeão paulista pelo clube.

Na mesma publicação, Daniel Alves disse que “jogaria em qualquer time do mundo”, em resposta a um fã que perguntou se ele teria vaga no Paris Saint-Germain. Também falou que se considerava o melhor lateral-direito do mundo na atualidade.

Daniel Alves tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2022, mas hoje parece impossível que o vínculo seja cumprido. Após defender a seleção brasileira, o lateral teria que se apresentar nesta sexta (10) ao clube, mas seus representantes disseram que ele não voltaria até que houvesse a quitação da dívida.

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe um comentário