Adolescente é atingido nos olhos por spray de guarda civil enquanto gritava de dor no chão

Mãe tentou protegê-lo, mas também aparece na gravação sendo atingida pelo jato. Abordagem foi realizada a vendedores de espetinhos no Parque Mutirama, em Goiânia.

Adolescente e mãe são atingidos por spray de pimenta nos olhos enquanto estão no chão — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um adolescente recebeu spray de pimenta nos olhos por duas vezes durante abordagem da Guarda Civil Metropolitana em frente ao Parque Mutirama, em Goiânia. Um vídeo mostra quando o rapaz, de pé, recebe o primeiro jato e se joga no chão gritando de dor. Ainda caído, a mãe tenta protege-lo, mas ambos são atingidos por segundo jato.

A confusão aconteceu na manhã de domingo (19). A GCM relatou que o adolescente “se recusou a se identificar, recusou a aceitar a abordagem” por isso o uso do spray foi necessário como forma de “alerta”.

“Ela foi para notificar o pessoal, só que, já na chegada, eles foram hostilizados pelo pessoal da banca. Se for o caso de excesso, será encaminhado para Corregedoria para que o procedimento seja tomado”, disse o comandante operacional da corporação, Vilmar Rodrigues.

A família contou que o rapaz foi levado para a Central de Flagrantes de Goiânia. No entanto, o G1 não conseguiu descobrir se ele segue detido na manhã desta segunda-feira (20).

Confusão
Segundo a Guarda, houve uma denúncia de que a barraca de espetinho estaria atrapalhando uma atividade na quadra e estaria irregular no local.

Imagens feitas durante a abordagem mostram que houve discussão entre os guardas e a família responsável pelas vendas.

Outro vídeo mostra quando um dos GCMs puxa o adolescente pela camiseta e o coloca no chão, enquanto a mãe tenta protegê-lo entrando no meio. Enquanto isso, a irmã filma e diz:

“Olha que absurdo, fazendo isso com ele! Olha que absurdo. Está louco, é?”.

Logo depois, outro vídeo mostra o momento em que o rapaz é atingido nos olhos por spray de pimenta disparado por um guarda. O rapaz está de pé quando é atingido pela primeira vez e se joga no chão, gritando de dor.

Enquanto isso, a irmã grita: “Aqui, gente! Socorro! Socorro!”.

A mãe do adolescente vai ao chão para ajudá-lo e o GCM joga o segundo jato.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe um comentário