Praias alagoanas apresentam 10 trechos impróprios para banho

Priscylla Régia/Alagoas 24 Horas

Praia de Marceneiro, São Miguel dos Milagres

Com a previsão de tempo firme, alagoanos e turistas devem lotar as praias do estado neste feriadão, em que se comemora a Proclamação da República. Contudo, os banhistas devem ficar atentos as condições da água antes de um bom mergulho.

De acordo com informações do relatório do Instituto do Meio Ambiente (IMA), 56 áreas estão balneáveis e 10 estão inadequadas para banho. As amostras foram colhidas nos dias 09 e 10 entre as praias de Pontal do Peba e Maragogi.

Após a verificação, os técnicos do órgão ambiental constataram que no litoral sul, dos 23 pontos averiguados, apenas o trecho, que fica a aproximadamente 300 metros da Foz do Rio Niquim, na Barra de São Miguel, deve ser evitado. Em Maceió, cinco áreas, localizadas nas praias de Cruz das Almas, Jatiúca e Avenida, também foram consideradas impróprias para banho. No litoral norte, onde 23 pontos foram examinados, 19 trechos foram liberados aos banhistas, o que caracteriza 82,6%.

Os trechos são considerados impróprios quando apresentam na última semana um valor superior a 2.000 Escherichia coli por 100 mL.

O IMA recomenda que os banhistas evitem, em qualquer época, a utilização de áreas que estejam diretamente sob influência de rios, canais e córregos.

Confira AQUI os trechos próprios e impróprios para banho

Veja Mais

Deixe um comentário