Chuvas deixam ruas de Maceió alagadas e praias repletas de esgoto; veja imagens

Reprodução

Alagamento em Maceió

Pouco tempo após a chuva começar a cair em Maceió, neste domingo,05, imagens começaram a circular nas redes sociais mostrando como alguns bairros ficaram alagados e tomados pelo lixo.

Na rua Dr. Rolando Simons, no bairro de Mangabeiras, um morador registrou carros tendo dificuldade de transitar devido a quantidade de água que cobria a via.

A possibilidade de que a obra de esgotamento sanitário que vem sendo realizada na Av. Gustavo Paiva desde outubro deste ano ter provocado a situação foi negada pela Unidade Gestora do Programa Maceió Tem Pressa, que informou que técnicos estiveram no início da tarde de hoje no local para averiguar a situação.

Confira abaixo a nota da UGP na íntegra:

A Unidade Gestora do Programa Maceió Tem Pressa informa que técnicos estiveram no início da tarde na Rua Dr. Rolando Simons, no bairro de Mangabeiras, e identificaram que a situação da via não possui nenhuma ligação, com a obra que ocorre na Avenida Gustavo Paiva.

Maceioenses também se queixam de alagamentos e grande quantidade de lixo em trechos das Avenida Gustavo Paiva e João Davino, além do flagrante de esgoto e lixo desaguando no mar, pela faixa que compreende a Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes de Brito, na Cruz das Almas.

 

Na praia da Ponta Verde, águas de esgoto alcançaram barracas na areia, obrigando trabalhadores e banhistas deixarem o local.

Um vídeo feito por um barraqueiro, mostra a tentativa de abrir buracos na areia para evitar que a água traga mais prejuízos para seus estabelecimentos, mas não obtém sucesso.

Até o momento, não se sabe o que pode ter provocado o vazamento do esgoto para o local.

A Prefeitura de Maceió informou, em nota, que já existe um grupo de trabalho que está tratando da questão das línguas sujas na capital. O grupo conta com a participação direta de oito secretarias, da BRK e tem coordenação do secretário executivo, Claydson Moura. Um compromisso de cooperação foi assumido na última quinta-feira (2), para a recuperação total de 11 estações elevatórias. Os trabalhos deverão começar ainda neste mês de dezembro.

Veja na íntegra:

A Prefeitura de Maceió informa que existe um grupo de trabalho estabelecido que já está tratando da questão das línguas sujas na capital. Tema que foi negligenciado durante muitos anos. O grupo conta com a participação direta de oito secretarias, da BRK e tem coordenação do secretário executivo, Claydson Moura. Em reunião, realizada na última quinta-feira, foi assumido um compromisso de cooperação pela BRK, que terá início ainda em dezembro, para a recuperação total das 11 estações elevatórias, que foram subdimensionadas por anos com bombas erradas, painéis queimados e sem nenhuma logística de infraestrutrura.

Reforçamos que a maior parte da água escura vista é fruto do lixo jogado, da água da chuva e de ligações clandestinas de esgoto.  Os estudos já foram finalizados e a BRK se comprometeu a iniciar os trabalhos. As instituições estarão juntas em uma grande força tarefa. A operação será coordenada pelo secretário executivo, Sudes e Seminfra; além da participação da Semtel, Semscs e Sedet.

Veja Mais

Deixe um comentário