Andréa Laís celebra suas origens no segundo trabalho, o álbum “Presença”

Artista alagoana mescla música brasileira e ritmos regionais com elementos eletrônicos

Divulgação

Andréa Laís

A cantora e compositora alagoana Andréa Laís faz de seu segundo disco, “Presença”, um mergulho profundo do mar ao sertão, uma volta às raízes da sua terra natal com um ousado olhar para o futuro. Entre ritmos regionais e elementos eletrônicos, surge uma poética memorialista que entrega uma obra minuciosa de reencontro com as nossas tradições culturais, musicais, familiares e religiosas.

Ouça “Presença”: https://smarturl.it/PresencaAndreaLais

Após o álbum de estreia, “Solar” (2017), Andréa Laís expande seus horizontes sonoros com uma ousada experimentação. Usando seu sotaque como uma medalha de honra no peito, a artista mescla ambiências regionais, um potente vocal, spoken word e beats eletrônicos para versar sobre o que é ser jovem, mulher, nordestina, humana. O projeto surgiu à distância, de trocas entre Andréa e o diretor e produtor musical baiano Cassius Cardozo durante o seu retorno a Maceió após dois anos morando em Salvador. Foi via internet que se iniciaram a curadoria das canções e a construção das linhas melódicas e arranjos.

Cassius e Andréa têm uma relação musical de proximidade, atuando juntos ao lado do DJ Sérgio Monteiro no projeto E COCO, a ser lançado oficialmente em 2022. Na capital baiana, se uniram com o objetivo de misturar o côco sincopado de Jacinto Silva com música eletrônica. Durante o hiato desse trabalho devido à pandemia, Andréa voltou para casa e voltou-se para si, investigando suas raízes da ancestralidade alagoana e transformando autoconhecimento em música.

Após o primeiro disco e os singles “Coisas do Amor” (2019) e “Notas da Canção” (2020) – estes lançados com a banda MesaSonora, projeto soteropolitano do qual Andréa também faz parte -, a cantora se tornou um dos expoentes do cenário musical e autoral de Maceió. Agora, Andréa Laís está pronta para o próximo passo em um projeto em que o mar e o sertão são espaços existenciais na sua narrativa musical. Atravessando as suas memórias, ela também atravessa Alagoas pelas suas águas, que guardam a história e a memória de todo um povo.

Se em “Solar” Andréa Laís reunia suas impressões iniciais com o frescor de um olhar estreante, em “Presença” ela mostra a que veio em um marcante cartão de visitas. O disco está disponível para streaming em todas as principais plataformas.

Ficha técnica

Artista – Andréa Laís

Produtor musical e arranjador – Cassius Cardozo

Mix e Master – Caji Andrade

Compositorxs – Andréa Laís, Camila Jatobá, Ana Barroso, Alana Barros, Felipe Barros, Cassius Cardozo

Realização – Lei Aldir Blanc, Secult AL, Governo Federal

Acompanhe Andréa Laís:

http://www.instagram.com/andrealais

http://www.youtube.com/andrealais

http://www.facebook.com/andrealaisb 

http://www.andrealais.com

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe um comentário