Cadeira gigante: SMTT diz que “espaço instagramável” não gera transtornos à população

Um dos “espaços instagramáveis” de Maceió, a Cadeira Gigante, se tornou um dos principais pontos turísticos da orla marítima da capital, mas também alvo de polêmica.

Moradores da região encaminharam ao Ministério Público Estadual reclamações sobre o fechamento de parte da Rua Valdo Omena, na Ponta Verde para instalação da cadeira. Isso motivou a instauração de procedimento Notícia de Fato e também levou o MPAL a enviar ofício ao gestor da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), André Santos Costa, pedindo esclarecimento sobre a obstrução da via.

O promotor de Justiça, Jorge Dória, esclareceu nesta tarde que não se trata de discutir a criação e funcionamento do espaço turístico, mas as razões para modificação na via. Veja vídeo abaixo:

Em nota ao Alagoas24Horas, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), disse que vai responder no prazo previsto à solicitação do MPAL e destaca que o fechamento ocorreu em um dos retornos da Avenida Silvio Carlos Viana com a Valdo Omena, sem prejuízos ao trânsito e à população. Veja nota na íntegra:

NOTA

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT)  informa que responderá dentro ao órgão dentro do prazo. O fechamento de um dos retornos na Avenida Silvio Carlos Viana com a Valdo Omena, na Ponta Verde, visa resgatar o convívio social e garantir a segurança dos pedestres que acessam o local, que é um dos principais pontos turísticos da capital. A SMTT reforça ainda que existem dois acessos próximos a este ponto como opções para quem trafega pela localidade, e que a mudança não gerou registros de congestionamento ou transtornos à população.

Veja Mais

Deixe um comentário