Em reunião, AMA alerta para possível falta de medicamentos e insumos

Ascom AMA

Presidente AMA – Hugo Wanderley

Em reunião com secretários de saúde e Sesau, presidente da AMA chama atenção para importância dessa busca ativa e para a dificuldade, junto a empresas, na aquisição de medicamentos.

Com os bons resultados apresentados como resultado do dia D de vacinação, no sábado, o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos- AMA – Hugo Wanderley, disse que os gestores estão “totalmente” empenhados em avançar com novas ações. Em reunião com secretários municipais, Sesau, Cosems e Conselho Estadual de Saúde, Wanderley também disse que o empenho de cada gestor fará com que muitas vidas sejam salvas.

A AMA vai continuar orientando, ao lado dos órgãos responsáveis, para que o esquema vacinal seja totalmente cumprido através de um acompanhamento permanente. Além desse foco, secretários de saúde já se preparam para a vacinação pediátrica, das crianças de 05 a 11 anos completos e com comorbidades.

O presidente da AMA também alertou para uma possível falta de medicamentos e insumos correlatos, tendo em vista cancelamentos de pedidos que estão sendo feitos por empresas. Para não comprometer o atendimento, recomenda que os secretários de saúde comuniquem aos prefeitos a necessidade atual e futura de investimentos e intervenções que precisem ser feitas na estrutura da saúde. Também pediu atenção para o alerta da Sesau de que o período mais crítico do Covid pode ir até a primeira quinzena de junho, aliado ao surto de Influenza e a possibilidade ao aumento de casos de dengue.

Durante o encontro semanal, o superintendente de vigilância da saúde, Herbert Charles disse que os municípios estão cumprindo as demandas e que, em uma semana, mais de 100 mil doses foram liberadas. Os dados do localiza SUS, até dia 14 (números do dia D de vacinação ainda não foram computados) mostram um grande crescimento da vacinação, com melhora dos indicadores em todas as cidades. Hoje, quinze cidades estão com índice igual ou superior a 90% no esquema completo na população vacinada.

As reuniões semanais vão continuar acontecendo para que os órgãos possam avaliar ações, dados e a realidade de cada cidade.

Fonte: AMA/AL

Veja Mais

Deixe um comentário