Entregador de farmácia é acusado de fazer gestos obscenos à cliente

Maps

Um entregador de farmácia foi acusado de fazer gestos obscenos a uma cliente nesta segunda (24) no bairro Alto do Cruzeiro, em Arapiraca, cidade a 120 quilômetros da capital. O caso foi registrado pela Polícia Militar como assédio sexual.

É do marido da vítima a informação de que ele solicitou uma medicação e que ao chegar à sua residência, coube a sua esposa atender ao funcionário da farmácia. O homem, então, teria feito gestos obscenos à mulher.

A Polícia Militar foi acionada, mas como a mulher alegou estar muito abalada para ir à Central de Polícia, a vítima foi orientada a formalizar denúncia junto à polícia judiciária. A PM não informou se o estabelecimento foi informado sobre a conduta do funcionário.

Veja Mais

Deixe um comentário