Usuários reclamam de alterações da SMTT na Av. Gustavo Paiva

Além de alteração de ponto de ônibus, mudanças no sinal de trânsito têm gerado insatisfação

As mudanças aplicadas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) em um trecho da Avenida Gustavo Paiva, próximo a um shopping na Mangabeiras, têm causado transtornos para quem transita na região.

Além da alteração de um ponto de ônibus, mudanças no sinal de trânsito têm gerado insatisfação. Adalberto Luiz França treina em uma academia na região e passa no local e usa o transporte público diariamente. “Tá difícil. Além de o ponto ficar longe, o sinal de trânsito também tá complicando a vida. É aquela coisa, a gente aperta no botão, às vezes funciona, às vezes não e tá demorando muito para fechar. Então, muitas vezes, o ônibus tá vindo e a gente se arrisca para atravessar”, contou.

O Alagoas24horas cronometrou e o tempo de espera para o sinal fechar é de três minutos e 45 segundos, já o tempo que fica aberto é de oito segundos. Em vídeos gravados no local é possível ver pedestres se arriscando para cruzar a via.

As alterações foram aplicadas no dia 28 de março e à época, a SMTT informou que uma avaliação minunciosa foi feita para saber se haveria alguma interferência no trânsito e que acompanharia os impactos das alterações para os usuários, porém na prática a história é outra.

Fabrício James é porteiro em um prédio na Jatiúca e conta que hoje decidiu pegar ônibus no ponto do shopping porque tem mais opções, mas se deparou com a alteração. “Essa mudança foi terrível. Se o Shopping é aqui por que  colocaram o ponto lá em baixo? O pessoal sai do trabalho e faz todo esse percurso para pegar ônibus. Isso não existe. Além do mais a calçada aqui é horrível. Imagine uma pessoa idosa fazendo esse percurso?”, questionou.

Ele conta também que, inicialmente, não sabia da mudança e ficou esperando no ponto errado. “Me informaram que o ponto de ônibus tinha mudado de lugar para mais a frente. Eu fui mais para frente e fiquei esperando em um local que só depois descobri que tratava-se do ponto intermunicipal. O ponto para ônibus daqui é bem bem mais a frente”, disse.

Os usuários reclamam ainda que do shopping até o local onde o novo abrigo de ônibus foi instalado não há iluminação e calçadas adequadas. Em alguns trechos é necessário passar pela pista, pois não há espaço na calçada para os pedestres. Veja vídeo:

“Eles mudaram esse ponto por quê? Não faz sentido nenhum para mim, achei um absurdo essa mudança. Não avisaram a ninguém previamente e disseram que seria avaliado, mas já está nesta situação há meses e ficou por isso mesmo. A população que paga o pato. Uma falta de respeito”, desabafou Rafaela Lemos.

Para a comerciante Maria Leonice, a situação está ainda mais complicada. Ela tem um carrinho de comida há mais de 15 anos e costumava ficar onde era o ponto de ônibus anteriormente, em frente a um prédio empresarial. Ela reclama que a mudança afetou diretamente nas vendas. “As vendas diminuíram demais. Minha sorte é que eu tenho a minha clientela que sabe que eu tô aqui, mas mesmo assim tá muito fraco tendo em vista do que era antes. Eu até tentei ir para o local onde está o ponto agora, mas não têm condições porque o espaço é apertado, a calçada é ladeirada e fica muito perto da pista. Os outros carrinhos que ficavam aqui, eu não sei nem para onde foram., explicou.

O Alagoas24horas entrou em contato com a SMTT, mas até o fechamento deste material não obteve retorno.

Veja Mais

Deixe um comentário