Menor que matou menina estava suspenso após promessa de chacina em escola

Delegado diz que adolescente aparenta ter problemas psicológicos.

Imagens de violência são encontradas em caderno de adolescente que matou menina

O delegado Arthur César, da delegacia distrital de Junqueiro, informou que o adolescente de 17 anos apreendido na noite de ontem (22) confessou ter matado a menina Alessandra Maria de Araújo, de apenas 15 anos. O menor foi autuado por ato infracional análogo a feminicídio. RELEMBRE AQUI.

Segundo foi apurado, ele teria acompanhado a vítima, após esta sair da escola, e próximo à casa dela a esfaqueou. O delegado esclareceu que os dois adolescentes não namoravam, mas tinham uma amizade muito próxima.

O jovem não tem passagem pela polícia, porém, estava suspenso da escola porque ameaçou promover uma chacina. Em seu caderno foram encontrados desenhos de arma, homem matando uma mulher com uma faca e palhaços.

“Ele aparenta ser perturbado psicologicamente; o pai morreu em um acidente; o tio se suicidou; a mãe mora no Rio de Janeiro, e residia atualmente com a irmã em Junqueiro”, acrescentou o delegado.

Após ser apreendido, o acusado se encontra à disposição da Justiça.

VEJA VÍDEO DO DELEGADO

Veja Mais

Deixe um comentário