Hemoal funciona em horários especiais nesta sexta (24), feriado de São João

Além de captar doações de sangue, órgão atua na liberação de hemocomponentes para os hospitais

Carla Cleto / Sesau AL

Coletas Externas de Sangue de sangue visam manter estabilizado o estoque de sangue do Hemoal para atender a demanda das unidades hospitalares

Nesta sexta-feira (24), feriado de São João, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) funciona em horário especial. A Unidade Maceió, no bairro Trapiche, recebe doações de sangue e plaquetas entre as 7h30 às 17h. Já a Unidade Arapiraca, no bairro Eldorado, não recebe voluntários, mas, irá atuar em regime de plantão para liberar hemocomponentes aos hospitais e maternidades.

No sábado (25), as duas Unidades funcionam em seus horários habituais. Em Maceió, o atendimento ocorre das 7h30 às 17h, enquanto que em Arapiraca, a coleta de sangue será das 7h30 às 12h e das 13h às 16h, conforme agenda divulgada pela Gerência da Hemorrede Pública de Alagoas.

“Seja na capital ou no interior, o voluntário que desejar doar sangue nesta sexta ou sábado, terá a oportunidade de praticar o gesto solidário que pode salvar até quatro vidas. Para isso, basta se informar sobre os critérios pré-estabelecidos pelo Ministério da Saúde para se candidatar à doação e sangue”, salientou a assistente social do Hemoal, Renata Ferreira.

Critérios para Doação – Conforme portaria do Ministério da Saúde (MS), os voluntários devem ter boa saúde e, ao comparecerem aos Postos de Coleta, é necessário estarem usando máscara. É obrigatório, ainda, ter no mínimo 16 anos de idade, peso igual ou superior a 50 quilos e apresentar um documento de identificação com foto.

O voluntário fica proibido de doar sangue permanentemente se tiver contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e, após os 11 anos, hepatite. No caso do candidato que colocou um piercing ou fez tatuagem, maquiagem definitiva e micropigmentação, apenas após um ano será possível voltar a doar sangue.

Com relação ao voluntário que já é doador habitual, é necessário que a última doação de sangue tenha ocorrido há três meses, no caso das mulheres e, quanto aos homens, o intervalo entre a última doação e a nova deve ser de dois meses. E as mulheres ficam impedidas de doar sangue se estiverem grávidas ou amamentando.

CoronaVac  – Caso o voluntário tenha sido infectado pelo novo coronavírus, há impedimento de doar sangue pelo período de 10 dias, contados após a recuperação. Mas se o candidato à doação de sangue teve apenas contato com uma pessoa infectada e, nos sete dias subsequentes, não apresentou sintomas da Covid-19, está liberada a doação de sangue.

Quanto às vacinas contra a Covid-19, o voluntário deve aguardar um intervalo de 48 horas se a vacina recebida foi a CoronaVac. Mas se os imunizantes AstraZeneca, Pfizer e Janssen, o intervalo aumenta para sete dias. No caso da vacina contra a contra a Influenza, é necessário esperar um intervalo de dois dias.

Fonte: Ascom Hemoal

Veja Mais

Deixe um comentário