CRB chega, mas não sai do 0 x 0 com o Tombense; veja os melhores momentos

Francisco Cedrim/CRB

CRB e Tombense tinham a esperança de se aproximar do G-4 – zona de acesso – do Campeonato Brasileiro da Série B. Mas o empate sem gols no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), nesta quarta-feira à noite, apenas os manteve em boas posições. Após a 15.ª rodada, o CRB aparece com 19 pontos, em 11.º lugar. Sem perder há sete jogos, o Tombense segue em sexto lugar, agora com 21 pontos, mesma pontuação do Sport, em quinto por ter uma vitória a mais: 5 a 4.

COMEÇO FRACO

Apesar da expectativa de um bom jogo, na prática aconteceu o contrário. Embora os dois times tivessem adotado o mesmo esquema 4-3-3, o Tombense se posicionou muito atrás, com o claro objetivo de impedir o toque de bola do CRB. O time alagoano até criou chances, com chute de fora da área de Wallace e no final com Fabinho, num desvio na defesa e que assustou o goleiro Felipe Garcia.

Até então só na defesa, o time mineiro quase abriu o placar aos 45 minutos, quando Ciel dominou a bola pelo lado direito da área e chutou forte. O goleiro Diogo Silva rebateu do lado.

MESMO RITMO

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. Somente aos 23 minutos é que o CRB teve uma chance para abrir o marcador. Nenê Bonilha fez o passe curto no recuo para Joseph, que se atrapalhou e perdeu a bola para Anselmo Ramon. O atacante virou para o lado esquerdo com Wallace, que invadiu a área e chutou rasteiro. O goleiro Felipe Garcia caiu no chão e rebateu com a defesa aliviando.

O CRB ainda forçou mais o ataque, tanto que chegou bem aos 30 minutos. Anselmo Ramon recebeu pelo lado esquerdo da área, protegeu a bola e chutou. O goleiro Felipe Garcia desviou, a bola subiu e tocou na trave direita.

CHANCES NO FINAL

O técnico Daniel Paulista até arriscou pelo CRB ao tirar o zagueiro Gum para a entrada do meia Rafael Longuine. O Tombense só ameaçou num chute de longe e com efeito de Nenê Bonilha que quase surpreendeu Diogo Silva. Ele fez a defesa em dois tempos.

No abafa final, o CRB ameaçou em chute de Richard que exigiu defesa de Felipe Garcia, aos 41; numa cabeçada de Yago para fora, aos 42; e num gol de Rafael Longuine, bem anulado, aos 43 minutos, por impedimento. Além de uma cabeçada de Rafael Longuine, nos acréscimos, aos 51, que iria entrar no alto não fosse o tapinha de Felipe Garcia.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS

CONTRA CAMPINEIROS

No próximo fim de semana os times já voltam a campo pela 16.ª rodada da Série B. O CRB vai continuar em Maceió, onde vai receber o Guarani, sábado, às 20h30. O Tombense vai seguir na condição de visitante, indo até Campinas para enfrentar a Ponte Preta.

Fonte: AFI

Veja Mais

Deixe um comentário