Pilar tem 11 alunos classificados para os Jogos Escolares Brasileiros

Cortesia

A preocupação em também incentivar a prática regular de atividade física entre os estudantes da rede municipal de ensino tem feito a diferença na vida de muitos jovens, que veem no Complexo Esportivo Professor Edson Maia a chance de se tornar um desportista de sucesso. Prova disso é que 11 atletas pilarenses fizeram bonito na edição 2022 dos Jogos Estudantis de Alagoas (JEAL), que se encerra neste sábado (07).

No wrestling, uma das 14 modalidades olímpicas presentes no maior complexo do estado, quatro competidores chegaram ao pódio: Silvia Rafaele Pereira (campeã na categoria peso médio infantil, estilo livre); Jhonny William dos Santos (campeão peso médio infantil, estilo livre); Júlio César dos Santos (campeão geral no estilo greco-romano, categoria infantil); e Ronaldo Nascimento de Souza (campeão peso leve infantil, estilo livre).

Os três primeiros são alunos da Escola Municipal Embaixador Renato de Mendonça, enquanto Júlio César estuda na Escola Nossa Senhora do Pilar. Todos garantiram classificação para os Jogos Escolares Brasileiros (JEBS), que acontecem em novembro, no Rio de Janeiro.

Professora de wrestling do complexo esportivo, Ana Karla Farias conta que os resultados surpreenderam. “Temos como principal objetivo a inclusão social por meio do esporte, que é uma importante ferramenta no processo de ensino e aprendizagem porque estimula aspectos como foco e disciplina. Mas alguns dos nossos alunos têm se destacado, de modo que podemos, também com o wrestling, formar atletas profissionais aqui no Pilar”, conta a professora.

Já no atletismo, Pilar teve sete campeões. Na categoria infantil, subiram ao lugar mais alto do pódio Rayssa Gomes (800 metros rasos), Amanda Soares (150m rasos) e Joanderson Mendes (arremesso de peso). Já no juvenil, os destaques foram Itauan Vieira, campeão nos 100m e 200m rasos, e Rayne Gabriely Alves (200m e 300m rasos). Emelly Kauany Silva (campeã nos 800m rasos) e Daniely Santos (vice) completam a relação dos medalhistas, todos também garantidos nos JEBS.

Sob a liderança do professor Mahebal Vasconcelos, agora, todos já começam a voltar as atenções para a competição nacional, intensificando a rotina de treinamentos, sem, é claro, esquecer os estudos, como explica o diretor pedagógico do complexo esportivo do Pilar, Rogério Barros.

“Todos vão seguir treinando normalmente, e sempre no contraturno, já que temos o esporte como um complemento das atividades em sala de aula. E esses resultados foram expressivos principalmente porque os jogos reuniram quase quatro mil inscritos. Vale destacar, porém, que as conquistas só foram possíveis graças ao apoio incondicional da Prefeitura, que não mede esforços para oferecer o que há de melhor para nossos alunos”, ressalta o profissional de educação física.

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe um comentário