Suspeitos de emboscada contra pré-candidata à deputada federal são baleados em confronto com o BOPE

Já é Notícia

Dois suspeitos envolvidos no atentado a bala que feriu a candidata à deputada federal Lérida Lôbo e matou o seu marido, José Adilson da Silva, foram baleados pela polícia militar durante confronto, na manhã desta sexta-feira (5).

De acordo com a PM, os suspeitos foram localizados a partir de imagens de câmeras de segurança, que identificaram o veículo utilizado pelos criminosos.

Leia também: Atentado contra candidata à deputada federal resulta em morte, no interior de Alagoas

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) foi até a uma locadora da qual o carro pertencia. O proprietário do estabelecimento relatou que o suspeito havia pedido o carro para resolver problemas pessoais.

O dono da locadora informou o endereço dos suspeitos. A PM se dirigiu até o local e houve confronto. Dois dos três envolvidos foram baleados. O outro conseguiu fugir.

Os suspeitos feridos foram socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Palmeira dos Índios. Com eles foram apreendidos um revólver, uma pistola, uma touca ninja, R$ 205 em espécie, mais de 60 munições e celulares.

O delegado responsável pelo caso ainda não se pronunciou sobre a investigação do crime, mas está em diligências desde a madrugada de hoje.

Veja Mais

Deixe um comentário