Morte de ganhador da Mega-Sena: o que se sabe e o que falta saber do caso

Polícia Civil de Hortolândia (SP) procura suspeitos do crime contra Jonas Lucas, ganhador de R$ 47,1 milhões na loteria em 2020; até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Jonas Lucas Alves Dias, de 55 anos, ganhador da Mega-Sena, assassinado em Hortolândia (SP) — Foto: Reprodução

A morte de Jonas Lucas Alves Dias, 55 anos, ganhador de R$ 47,1 milhões na Mega-Sena em 2020, mobilizou a Polícia Civil na região de Campinas. O morador de Hortolândia (SP) sumiu depois de sair para praticar caminhada e foi encontrado um dia depois, espancado, às margens de uma rodovia, vindo a óbito no hospital.

Durante o período em que esteve desaparecido, criminosos tentaram sacar R$ 3 milhões da conta da vítima. Até a última atualização desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.

Quando a vítima foi abordada?
A informação é a de que Jonas Lucas saiu para fazer caminhada na manhã de terça-feira (13) e não voltou para a casa. A advogada da família relatou à polícia que o homem havia levado apenas carteira e documentos. Ao final do dia, como não foi mais possível contatá-lo, familiares registraram ocorrência de desaparecimento na delegacia eletrônica.

Quando e onde Jonas foi encontrado?
O ganhador da Mega foi encontrado às margens do Km 104 da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Hortolândia (SP), próximo da alça de acesso da SP-101. Foi socorrido pela ambulância da AutoBAn, concessionária responsável pelo trecho, e encaminhado ao Hospital Mário Covas, onde chegou a ser intubado, mas veio a óbito.

O que foi levado da vítima?
A Polícia Civil apurou que foram realizadas diversas tentativas de saques, uma delas de R$ 3 milhões, durante o período em que a vítima esteve desaparecida.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que cerca de R$ 20 mil foram retirados da conta da vítima por meio de transferências bancárias e via PIX, e que o cartão de débito foi levado pelos criminosos.

Qual a causa da morte?
O médico da unidade que atendeu Jonas Lucas atestou traumatismo cranioencefálico como causa da morte.

O que falta saber?
Kléber Altale, diretor do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 9 (Deinter-9), disse ao g1 que as equipes estão empenhadas em esclarecer o homicídio e prender os responsáveis. Ele determinou a participação da equipe do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba, também no interior paulista.

Segundo a delegada Martha Rocha de Castro, da Deic, diligências já foram realizadas na tentativa de localizar suspeitos pelo crime. A Polícia Civil tenta descobrir como e quando foi a abordagem, quantas pessoas estão envolvidas e se elas tinham ciência de que Jonas Lucas era ganhador do prêmio milionário da Mega-Sena.

A partir dessas informações, querem descobrir se os responsáveis pelo crime são da região ou não, e se sabiam do prêmio, por quanto tempo esperaram para agir – Jean ganhou R$ 47,1 milhões em uma aposta única, feita em setembro de 2020, em uma lotéria no Jardim Nova Europa, em Campinas (SP).

Fonte: g1

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos