Prefeitura de Maceió multa BRK em mais de R$ 2,3 milhões por irregularidades em vias

Prejuízos teriam ocorrido devido a obras e falta de manutenção e ação resultada de uma série de reclamações de moradores e comerciantes

BRK/Arquivo

A empresa BRK Ambiental recebeu pelo menos seis multas da Prefeitura de Maceió por diversas irregularidades nas vias da capital alagoana devido a obras e falta de manutenção. A medida foi publicada na edição desta segunda-feira, 17, do Diário Oficial de Maceió (DOM).

As irregularidades foram identificadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra). Segundo a Prefeitura de Maceió, as multas ultrapassam a quantia de R$ 2,3 milhões, sendo cinco aplicadas no valor de R$ 371.800 (cada) e uma, R$ 446.160.

A BRK – que ingressou com diversos recursos a fim de evitar os pagamentos das multas – tem um prazo de dez dias para efetuar o pagamento.

A multa aplicada pela prefeitura é resultado de uma série de reclamações de moradores e comerciantes que alegam prejuízos causados pelos buracos na cidade. Além disso, a situação tem gerado acidentes e transtornos no trânsito, prejudicando a mobilidade urbana.

Prejuízos – De acordo com levantamento da Seminfra, as ruas prejudicadas com as ações da BRK Ambiental foram: Cincinato Pinto, no Centro; Dr. Virgílio Guedes, na Ponta Grossa; Prefeito Joatas Malta de Alencar, na Chã da Jaqueira; Avenida Antônio Holanda, no Clima Bom; Engenheiro Mario de Gusmão, na Ponta Verde; Miguel Omena, no Prado; Leão, Tabuleiro do Martins; Av. Prof. Santos Ferraz, Poço; Walter Ananias, em Jaraguá; Desembargador Herman Soares Torres, Gruta de Lourdes; Avenida Menino Marcelo, Cidade Universitária; Desembargador Almeida Guimarães, na Pajuçara; Abdon Inojosa Andrade, Jatiúca; Celso Piatti, Jaraguá; Av. Francisco de Menezes, Bom Parto; Av. Alvaro Otacilio, Jatiúca; Ernesto Gomes Maranhão, na Jatiúca; Rua Nova Jardim, Feitosa; Rua Maria Breda, Jatiúca; Rua Padre Luiz Américo Galvão, Jatiúca; Av. Comendador Leão, no Poço; Rua Coronel Paranhos, Jacintinho; Rua Tereza de Azevedo, Gruta de Lourdes; Av. Tomas Espindola, Farol; Rua Ilaiuda Felix da Silva, Santos Dumont; Rua Pedro Américo, no Poço; Rua Santa Ana, em Mangabeiras; Rua Epaminondas Gracindo, Pajuçara; Rua Dr. Antônio Nunes, em Bebedouro; e Rua Desportista Humberto Guimarães, na Ponta Verde.

O Alagoas24Horas entrou em contato com a BRK para saber se a empresa quer apresentar sua versão e aguarda posicionamento.

BRK

A BRK esclarece que se trata de uma decisão administrativa e, por isso, ainda passível de recurso. O direito à ampla defesa e ao contraditório não foi esgotado, razão pela qual não se pode considerar como uma decisão definitiva. A empresa vai avaliar internamente o mérito da decisão e seguirá com todas as tratativas legais para apreciação em outras instâncias.

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos