Hacker que vazou dados de Moro e Deltan na Lava Jato é preso novamente pela Polícia Federal

O hacker que vazou informações da Operação Lava Jato dos celulares de figuras como o ex-desembargador Deltan Dallagnol e o ex-juiz e hoje senador Sérgio Moro voltou a ser preso nesta quarta-feira, 28. Walter Delgatti Neto foi detido por ter descumprido medidas judiciais.

De acordo com a Polícia Federal (PF), a prisão ocorreu em Campinas, no interior de São Paulo. O hacker é suspeito de ter acessado a internet e mudado de endereço, o que configura descumprimento das medidas cautelares que o mantinham em liberdade provisória.

Walter foi preso em julho de 2019 durante a Operação Spoofing, da PF, contra uma organização criminosa que praticava crimes cibernéticos. De acordo com a investigação, o grupo teria acessado contas do Telegram de autoridades.

Na época, Walter obteve o direito de aguardar pelo julgamento em liberdade. O réu passou por audiência de custódia e sua defesa deve solicitar um novo pedido de liberdade provisória até esta quinta-feira, 29.

Fonte: Jovem Pan News

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos