Chuvas: JHC atribui sobrecarga na rede de drenagem a ligações clandestinas da Casal e BRK

Prefeito deu declaração à imprensa durante visita técnica às obras de contenção de encostas no Conjunto Morada dos Palmares, em Maceió.

Durante visita técnica às obras de contenção de encostas no Conjunto Morada dos Palmares, localizado no bairro Tabuleiro do Martins, o prefeito JHC falou com a imprensa sobre os desafios causados pelas fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias e apontou supostas ligações clandestinas feitas pela BRK e Casal como um dos fatores para a sobrecarga na rede de drenagem em vários pontos da capital alagoana.

Para o chefe do executivo municipal, as empresas privadas de saneamento deixam de investir e acabam optando por ligações indevidas. “Nem a Casal fez e nem a BRK faz os investimentos que deveriam e nós temos muitas ligações clandestinas sobrecarregando a nossa rede de drenagem da cidade”, afirmou.

Essas ligações, segundo JHC, acabam causando ainda mais transtornos para a população, sobretudo diante dos períodos da quadra chuvosa. “Fora as obras mal feitas que abrem a cidade e deixam a cidade exposta a essas obras e a mercer desses cortes irregulares que fazem na cidade, e aí agrava ainda mais, porque essas chuvas acabam entrando e acaba causando, infelizmente, mais transtornos e mais danos a nossas vidas”, concluiu JHC.

Lixo nas ruas

Se por um lado as empresas não estariam cumprido o papel, segundo o prefeito de Maceió, ele também chamou atenção para a sujeira e o lixo que acaba sendo descartado nas ruas, dificultando o funcionamento do sistema de drenagem.

“Veja depois que a agua baixa, veja a quantidade de lixo que fica acumulado sobre as vias. É como se fosse uma veia que está entupida. Quando você vê esse volume de lixo, não tem como a água escorrer, então ela vai voltar (…) por mais que você faça as galerias e por mais que faça as redes de drenagem

Contenção de encostas

A visita técnica para verificar o andamento das obras no Conjunto Morada dos Palmares, no bairro Tabuleiro do Martins, aconteceu na manhã desta segunda-feira (10). A obra, que teve ordem de serviço assinada em janeiro, está prevista para ser concluída no mês de agosto. Essas intervenções visam proporcionar segurança e tranquilidade aos moradores que vivem em áreas de risco de escorregamento de encostas na região.

João Urtiga/Alagoas 24 Horas

Com um investimento total de mais de R$150 milhões, os serviços de infraestrutura estão em andamento em cinco pontos da capital alagoana, além do Conjunto Morada dos Palmares: Tabuleiro do Martins, Bebedouro, Vale do Reginaldo, Benedito Bentes e Jacintinho. Essas obras têm como objetivo evitar deslizamentos de terra e minimizar os riscos enfrentados pela população que reside em áreas vulneráveis.

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos