Vini Jr presta depoimento sobre caso de racismo: ‘não se pode falar isso’

Ministério Público espanhol ainda não emitiu parecer sobre o caso

Antonio Villalba/Real Madrid Club de Fútbol

Vinicius Júnior afirmou, em depoimento à Justiça da Espanha, que acredita receber ofensas racistas por ser um jogador importante e negro. O jornal “El Mundo” publicou detalhes das falas do atleta do Real Madrid, que sofreu os insultos no jogo contra o Mallorca, em fevereiro.

O depoimento ocorreu de forma remota e durou cerca de 20 minutos. A publicação do jornal também divulgou parte do vídeo. Vini foi questionado pela defesa do acusado sobre o uso inocente da expressão ‘hacer monerías’, trazuda para o português como ‘fazer macaquices.’ O atleta respondeu:

“Com pessoas brancas, não as pessoas negras. Não se pode fazer isso com as pessoas negras, que foram afetadas em toda a história da humanidade”, replicou o jogador.

Após as ofensas racistas no jogo contra o Mallorca, o Real Madrid acionou a Federação Espanhola para realizar uma denúncia. Em investigação, a polícia identificou um torcedor de 20 anos. O acusado foi proibido de frequentar o estádio Son Moix por 20 anos. Ele também foi multado em 4 mil euros.

Vini Jr também foi questionado se ele as ofensas foram por ele ser um jogador do Real Madrid ou por ele ser negro. O atacante respondeu: “Pelos dois.” Ainda de acordo com o jornal espanhol, o Ministério Público ainda não emitiu um parecer sobre o caso.

Fonte: Diário do Nordeste

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos