Fiscalização apreende 100kg de alimentos estragados em laticínio em Maceió

Estabelecimento foi autuado e responderá a processo administrativo

Uma fiscalização da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) apreendeu, nesta terça-feira (14), resultou na apreensão de 100 kg de produtos estragados e com o prazo de validade expirado em um laticínio do bairro da Levada.

Visa Maceió

Entre os alimentos estragados estavam queijo, mortadela, presunto, salame e manteiga.

Durante a visita ao local, os fiscais do órgão recolheram alimentos como queijo, mortadela, presunto, salame e manteiga impróprios para o consumo.

O estabelecimento foi autuado e responderá a processo administrativo, cuja penalidade inclui multa no valor de R$ 180,00 a R$ 38 mil, no caso de reincidência da infração.

Apreensão da vigilância sanitária

Segundo o chefe especial da Visa Maceió, Airton Santos, a Vigilância Sanitária tem o papel de levar orientações de educação em saúde aos comerciantes para que cumpram com as normas sanitárias a fim de resguardar a saúde dos consumidores.

“Ao constatar o descumprimento da legislação sanitária, a Vigilância age para impedir que alimentos estragados sejam comercializados. Por isso, durante as operações, levamos orientações educativas aos empreendimentos para que forneçam produtos adequados para o consumo da população e não voltem a comercializar alimentos fora do prazo de validade”, explica.

População pode denunciar irregularidades

Para denunciar irregularidades, observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, os maceioenses podem entrar em contato no telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24h, todos os dias, para o recebimento de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante.

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos