lunos da Escola Técnicas de Artes – Ufal apresentam espetáculo de dança “O Essencial Invisível aos Olhos”, inspirado em “O Pequeno Príncipe”

Serão duas apresentações nos dias 02 e 28 de abril

Nos dias 2 e 28 de abril a Escola Técnica de Artes – ETA/Ufal, apresenta o espetáculo inspirado na obra “ O Pequeno Príncipe”,  A magia e a poesia se unem na dança no espetáculo “O Essencial Invisível aos Olhos”, que será apresentado pelos alunos do 4º Módulo do Curso Técnico em Dança da Escola Técnica de Artes (ETA) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).  Inspirado na obra literária “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry, o espetáculo convida o público a uma apresentação encantadora e reflexiva sobre os diferentes temas da vida humana.

Divulgação

O Essencial Invisível aos Olhos

Com direção da Profa. Dra. Ana Clara Oliveira, as coreografias e dramaturgias foram criadas de forma coletiva pelos alunos, resultando em uma abordagem contemporânea da dança que integra as reflexões do livro com as perspectivas dos próprios intérpretes-criadores.

O espetáculo é fruto de um processo de pesquisa artística que incluiu a análise do livro “O Pequeno Príncipe”, estudos de improvisação em dança e experimentações coreográficas. A partir dessa pesquisa, os alunos construíram uma narrativa poética que explora temas como amizade, amor, perda e a busca pelo sentido da vida.

A Profª. Ma. Ana Clara Oliveira fala da importância do espetáculo dizendo: “O espetáculo intitulado “O Essencial Invisível aos Olhos”, espetáculo de formatura do 4º módulo do Curso Técnico de Dança da Escola Técnica de Artes da Universidade Federal de Alagoas, é um espetáculo inspirado na obra literária O Pequeno Príncipe, uma obra que vai abarcar diferentes classificações etárias. “O Essencial Invisível aos Olhos” é de extrema importância para a Escola Técnica de Artes, porque vai consolidar a dança como área promovedora de conhecimentos. Além disso, esse espetáculo é importante porque vai ofertar á toda comunidade da Escola Técnica de Artes e também a comunidade externa, a UFAL, um misto de estéticas, técnicas e dramaturgias diferentes. É um espetáculo que se justifica por proporcionar a audiência, o imaginário e percepções diferentes sobre o próprio livro, O Pequeno Príncipe, e as lições que este livro pode agregar nos nossos cotidianos, no cotidiano de nossas vidas. É um espetáculo que vai trazer dramaturgias contemporâneas que relacionam temas da vida humana. Como, por exemplo, a não separação de razão e emoção, assim como as relações que nós estabelecemos com o outro, os medos, os desafios e também as transformações a partir das contaminações e das relações com o outro e com a vida social. É um espetáculo de extrema importância para relacionar as nossas percepções da nossa vida em sociedade a partir da gestualidade da dança. E, por fim, é um espetáculo que vai celebrar mais uma turma de formatura, mais uma turma que está se estabelecendo no mercado artístico cultural, não só no âmbito de Alagoas, mas no âmbito nacional, uma vez que a certificação dessas pessoas passa por uma universidade pública federal, então é um espetáculo que vai também celebrar mais corpos que dançam, atuando no mercado da dança, atuando no âmbito cultural e de modo qualificado para continuar promovendo a arte na vida e a vida na arte”, finaliza.

Os ingressos do dia 2 já se esgotaram rapidamente, mas a segunda apresentação que acontece dia 28 de abril no Teatro Deodoro as 17h, ainda possui ingressos disponíveis. Convidamos todos a prestigiarem este espetáculo emocionante e reflexivo que celebra a beleza da dança e a riqueza da obra “O Pequeno Príncipe”.

Ficha Técnica:

Realização: Escola Técnica de Artes (ETA), Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Produção: Curso Técnico em Dança

Direção: Ana Clara Oliveira

Coreografia: Criação Coletiva

Dramaturgias: 4º Módulo de Dança ETA (UFAL)

Laboratório de Improvisação: Crystian Castro

Colaboração – Cena Baobás: Jadiel Ferreira

Intérpretes-criadores(as): Ana Beatriz Hoelzle, Ana Drumond, Caroline Melo, Fabianne Cristinne, Gabriela Albuquerque, Vanessa Pereira e Vinícius Santos.

Dançarinos(as) convidados(as): Cena Floresta / Extensão de Dança do Ventre e Fusões (ETA- UFAL) – Antonielle Ferreira, Glivoneide Miranda, Elis Regina, Soledad Sepúlveda, Janaína Silva e Luciana Medeiros.

Cena Baobás – Jeronimo Silva

Kássia Gomes, George Olicino e Ruth Santos.

Cena Pôr do sol: James Drumond.

Preparação Corporal: Risia Lessa.

Concepção de luz: Ana Clara Oliveira e 4º Módulo de Dança ETA (UFAL).

Sonoplastia: Brother Sandes.

Trilha Sonora: Artistas diversos.

Participações especiais: Voz – Claudiana Melo. Atriz – Elaine Neto.

Concepção de Figurino: Andréa Almeida, Profa. Pollyanna Isbelo e discentes Ananda Soares, Dulce Maria e Thalita Almeida.

Execução de Figurino: Andréa Almeida, Pollyanna Isbelo e discentes Ananda Soares, Dulce Maria, Thalita Almeida e Tobias Barros.

Cabelo e Maquiagem: Dalmy Santos.

Cenografia: Jeamerson Santos.

Assessoria de Imprensa Keka Rabelo e Projeto Bureau de Comunicação – Agerrp UFAL

Fotografia: Kaique Leonardo.

Identidade visual: 4º Módulo de Dança ETA (UFAL) e James Almeida.

Apoio: Residência Artística Joana Guajuru. Teatro Jofre Soares, SESC Centro. Teatro Deodoro / DITEAL -Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas.

Parceria: Sururu Técnicas Circenses.

 

Serviço:

Data: 2 de abril – SETACC 2024
Horário: 19h30
Local: Teatro Jofre Soares (ingressos esgotados)

Data: 28 de abril
Horário: 17h
Local: Teatro Deodoro

Ingressos estarão disponíveis a partir de 22 de abril na plataforma SYMPLA (link na bio @eta.ufal)

Classificação: Livre

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos