IML confirma identidade de jovem decapitado encontrado em grota na parte alta de Maceió

Corpo foi resgatado nessa quinta-feira (09), pelo Corpo de Bombeiros

O Instituto de Identificação da Polícia Científica de Alagoas confirmou na tarde desta sexta (10) que identificou oficialmente o corpo encontrado ontem (09), sem cabeça, em uma grota na parte alta de Maceió. Trata-se de Lucas Ayslan Soares Nunes, de 23 anos.

Ascom Polc/AL

O cadáver encontrado trata-se de Lucas Ayslan Soares Nunes, de 23 anos

Segundo informou o órgão, a identidade foi obtida após realização de exame de necropapiloscopia realizado pelo papiloscopista Rogério de Castro. Após coletar as digitais do cadáver e confrontar com arquivo civil do Instituto de Identificação, houve coincidência com o prontuário da vítima.

O Instituto Médico Legal (IML) de Maceió ainda irá concluir exames periciais no corpo de Lucas Ayslan. A necropsia irá confirmar a causa da morte do jovem e os laudos da Pollcia Científica serão encaminhados para a delegacia responsável pela investigação do caso.

A cabeça do jovem ainda não foi encontrada.

Desaparecimento

A família do jovem informou que ele estava desaparecido desde o último domingo (05), quando saiu de casa, sem levar celular, dizendo que apenas faria um lanche e logo voltaria. No mesmo dia, um boletim de ocorrência para comunicar o fato foi realizado na Central de Flagrantes.

Ascom Polc

Resgate de cadáver na grota do Campo da Cerâmica, parte alta de Maceió

Em entrevista à TV Pajuçara, a delegada Sheyla Carvalho, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas da Polícia Civil, informou que a especializada assumiu o caso – anteriormente conduzido pela equipe do 5º DP – ontem (09), após a família receber denúncias anônimas do local onde o corpo do jovem estava.

De difícil acesso, o trabalho de resgate contou com a ajuda de cãs farejadores e de três equipes do Corpo de Bombeiros.

Leia mais: Corpo decapitado é encontrado em local de difícil acesso em grota na parte alta de Maceió

A delegada reforçou ainda que familares e conhecidos de Lucas Ayslan já haviam sido ouvidos pela equipe do 5º DP e toda a investigação já havia sido compartilhada com a equipe que dará sequência ao trabalho investigativo.

Ela esclareceu também que ainda não há uma linha de investigação definida a respeito do que pode ter acontecido. Mas informações de terceiros estão sendo verificadas e que os detalhes não serão repassados para não atrapalhar o andamento da investigação.

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos