Mãe e filhos suspeitos de chacina são mortos durante confronto com Pelopes 

Militares foram acionados para verificar uma tentativa de homicídio na cidade de Roteiro. 

Armas apreendidas com os mortos. Créditos: Reprodução

Uma mulher, seus dois filhos e um terceiro homem – suspeitos de matar três e deixar um gravemente ferido na madrugada do último sábado (15), na cidade da Barra de São Miguel – foram mortos durante um confronto com policiais militares do Pelopes. Os militares foram averiguar uma tentativa de homicídio na cidade de Roteiro, em Alagoas. O confronto seguido de morte foi registrado na madrugada desta segunda-feira, 17. 

Os mortos foram identificados como Edanubia Arcenio da Silva, 40 anos, Cláudio Denisson da Silva Souto, 37 anos, Ítalo Arcenio da Silva Santos, 21 anos, e Itamar Arcenio da Silva Santos, 21 anos. De acordo com a polícia, Edanubia é mãe de Ítalo e Itamar, porém, não foi informado o grau de parentesco com Cláudio Denisson. 

As vítimas são suspeitas de cometer uma chacina no último sábado (15), no Centro da cidade de Barra de São Miguel. Na ocasião, Luís Carlos Barbosa dos Santos, Henrique Rodrigues da Silva Júnior, ambos 18 anos, e, Dário Keven Albuquerque de Almeida, 17 anos foram mortos. Uma quarta pessoa foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Francês e, devido à gravidade dos ferimentos foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Desde então, seu estado de saúde é desconhecido. Leia a matéria.

Segundo a PM, os militares foram atender a uma ocorrência de tentativa de homicídio na cidade de Roteiro. As informações davam conta que três homens tinham invadido uma residência e alvejado a tiros um homem.

As informações da polícia dão conta que durante rondas, os militares do Pelopes avistaram um veículo Gol de cor cinza, placa QUC2I35, o mesmo citado por populares como usado no crime na Barra de São Miguel. Na ocasião, os ocupantes do veículo tentaram fugir da abordagem.  

De acordo com a polícia, foi realizado uma perseguição pela rodovia e efetuaram disparos contra os militares. Os acusados ainda tentar fugir a pé e atirando em direção aos militares quando foram atingiram com os disparos.  

Eles ainda foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistindo aos ferimentos entraram em óbito. Os corpos foram recolhidos para o Instituto Médico Legal (IML). 

Segundo a polícia, foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e duas pistolas, sendo uma 9 milímetros e outra .380. 

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos