Homem é morto a tiros após esfaquear cachorro e atacar policial militar; testemunhas falam em surto psicótico

UPA Ressaca, em Contagem — Foto: TV Globo/Reprodução

Um homem, de 32 anos, foi morto a tiros por um policial depois de tentar atacar uma militar na tarde desta segunda-feira (17). Ele teria tentado esfaquear a policial e, antes disso, matou um cachorro a facadas.

A vítima apresentava comportamento extremamente agressivo, e aparentava estar em surto psicótico, como relataram as testemunhas. O caso aconteceu no bairro Jardim Laguna, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o registro dos policiais que atenderam a ocorrência, o homem chegou a derrubar a policial no chão. A mulher teve ferimentos na cabeça com a queda e precisou ser socorrida.

Ele também teria tentado esfaquear a policial, foi quando os demais militares disseram que tentaram contê-lo com o uso de armas de choque elétrico, mas não teve efeito. Um outro policial atirou com arma de fogo e o atingiu no tórax. Ele chegou a ser levado com vida para a UPA Ressaca, também em Contagem, mas não resistiu aos ferimentos.

A mãe da vítima contou à PM que no domingo (16) o filho ligou para ela dizendo que “nenhum mal iria lhe acontecer, que ele a protegeria de todos”. Horas antes da briga com os militares, o homem também esfaqueou e matou um cachorro na rua. O tutor do animal afirmou que ele chegou a ameaçá-lo de morte após o ataque.

O corpo do homem foi levado ao IML e as armas usadas pelos policiais passarão por perícia.

Fonte: g1

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos