PF e Receita Federal miram grupo suspeito de importar 500 mil celulares ilegalmente

Polícia Federal faz operação na Feira dos Importados, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram, na manhã desta quarta-feira (10), uma operação contra um grupo suspeito de importar ilegalmente grandes quantidades de produtos eletrônicos sem pagamento de tributos (veja vídeo abaixo). Os alvos são do Distrito Federal e de outros seis estados.

Segundo as investigações, há indícios do envio de R$ 1,6 bilhão ao exterior, estimando-se que foram enviados ao Brasil mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos 5 anos.

Os investigadores afirmam que o grupo se dividia em núcleos responsáveis pela negociação e venda de produtos eletrônicos, transporte/armazenamento, constituição de empresas fictícias, envio de dinheiro para o exterior e receptação dos produtos para revenda em comércios.

No DF, agentes fazem buscas na Feira dos Importados. Também são cumpridos mandados em São Paulo, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Norte e Maranhão. Entre as apreensões feitas pelos agentes está um avião do modelo Corisco Turbo.

Segundo a PF, os suspeitos devem responder pelos crimes de falsidade ideológica, descaminho, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Se condenados, podem pegar até 37 anos de prisão.

Ao todo, são cumpridos:

51 mandados de busca e apreensão;
25 ordens de sequestro de bens imóveis;
42 ordens de sequestro de veículos;
Bloqueio de R$ 280 milhões nas contas dos investigados.

Fonte: g1

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos