Polícia Civil autua grupo acusado de realizar live com ato sexual na presença de criança

O 79º Distrito Policial (79ºDP) de Teotônio Vilela, sob a coordenação do delegado Valter Nascimento, informou que já autuou o grupo acusado de realizar uma live nas redes sociais com ato sexual na presença de uma criança de 2 anos. 

Segundo informações da Polícia Civil de Alagoas, os seis detidos, sendo cinco homens e uma mulher, irão responder por estupro de vulnerável após uma transmissão ao vivo nas redes sociais praticando ato libidinoso na frente da criança.

Entre os presos está a avó da criança, que participava da live e é a proprietária da casa em que aconteceu o caso na cidade de Teotônio Vilela. Nas investigações, a PC/AL obteve a informação de que os pais do menor estavam presentes durante a transmissão ao vivo, ao lado da cama onde os atos sexuais estavam acontecendo na presença da criança.

As autoridades já identificaram e trabalham para realizar a prisão dos pais da vítima, que fugiram do local.

A ação policial ocorreu após o Conselho Tutelar alertar a Polícia Militar sobre o ocorrido. Segundo relatos, adultos estavam envolvidos em atos sexualmente explícitos na presença da criança. Com o apoio da Guarda Municipal, os policiais localizaram os suspeitos nos endereços fornecidos e efetuaram suas prisões.

Todos foram encaminhados à delegacia para os procedimentos legais necessários.

A Polícia Civil continua investigando o caso para garantir que todos os envolvidos sejam responsabilizados conforme a Lei.

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos