Com prisão preventiva decretada, homem que agrediu companheira se entrega à PC

Ascom PC

Um homem de 34 anos se entregou à Polícia Civil nessa quarta-feira (10), para cumprir o mandado de prisão preventiva expedido por violência doméstica. Ele se apresentou no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Novo Lino na companhia de seu advogado.

De acordo com as informações passadas pela chefe de cartório da Delegacia Regional de Novo Lino, Desirée Amaral, a prisão do agressor foi decretada há 5 meses pela Justiça após ele ameaçar e lesionar sua companheira com socos e esganadura, na época dos festejos de carnaval deste ano.

O fato ocorreu no município de Colônia Leopoldina e foi motivado por ciúmes do autor que praticou a violência na presença da enteada de 11 anos e da própria filha, de 7 meses. Testemunhas e vizinhos relataram que as agressões eram frequentes e que o homem, por vezes, também mantinha a mulher presa em casa. Após cometer o crime, a mulher foi socorrida para hospital e o denunciado foragiu.

Diante dos fatos, o delegado Paulo Cerqueira, titular da Delegacia Regional de Novo Lino, instaurou inquérito policial e representou pela prisão do acusado.

A Justiça deferiu as medidas protetivas cabíveis e decretou a prisão preventiva. A equipe do 108° DP de Colônia Leopoldina estava em diligências para sua captura, mas ele optou por se apresentar ao órgão da Segurança Pública.

“O acusado possui histórico de ameaças, crises de ciúmes e agressões com outras mulheres inclusive. Diante da brutalidade dessa última agressão, restou necessário o pedido de sua prisão preventiva para conveniência da instrução criminal, aplicação da Lei Penal e de preservar a integridade física e a própria vida da vítima”, disse a autoridade policial.

O preso se encontra sob custódia da Polícia Civil e à disposição da Justiça Criminal de Colônia Leopoldina.

Fonte: Ascom PC

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos