Ex-diretor da Petrobras será interrogado pela PF no Paraná

IlustraçãoPaulo Roberto Costa o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras

Paulo Roberto Costa o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto da Costa — preso ontem (20) no Rio de Janeiro por suspeitas de envolvimento com doleiros investigados por lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, da Polícia Federal — deverá ser encaminhado ainda hoje (21) à Superintendência da PF (Polícia Federal) no Paraná, onde será interrogado.

O mandado de prisão teve por base indicações de que ele tentava "retirar e esconder" provas que poderiam ajudar a PF na investigação contra a organização criminosa que, segundo os investigadores, movimentou cerca de R$ 10 bilhões nos últimos três anos.

Na segunda-feira (17), quando teve início a operação que resultou na prisão de 24 pessoas e do ex-diretor da estatal, a PF fez diversas buscas. Uma delas foi na casa de Paulo Roberto da Costa, onde foram encontrados montantes de R$ 751,4 mil e de US$ 181,45 mil em espécie. Agora, os investigadores querem ouvir as explicações dele também sobre isso.

Fonte: Agência Brasil

Veja Mais

Deixe um comentário